Autárquicas 21: ‘Sentir Aradas’ reage a críticas da ‘Aliança com Aveiro’

1526
Gilberto Ferreira, candidato do movimento 'Sentir Aradas'.
Dreamweb 728×90 – Video I

O movimento independente ‘Sentir Aradas’ mostrou desagrado, hoje à tarde, em comunicado, com as referências à candidatura de cidadãos naquela freguesia por parte da coligação PSD-CDS-PPM, na sequência de uma decisão judicial relacionada com a utilização da marca ‘Aliança com Aveiro’, que foi desfavorável às pretensões de quem pretendia impedir a utilização da mesma.

Uma “infeliz nota” que levou “a lamentar que tenham sido os próprios visados a trazer tal situação para a praça pública”, pois o movimento “jamais falaria sobre isto nem falaria” do assunto”, uma vez que não está relacionado com o âmbito da candidatura à Junta de Aradas.

Artigo relacionado

Rejeitado recurso judicial para impedir uso da marca ‘Aliança com Aveiro’

O comunicado da coligação ‘Aliança com Aveiro’ referia que estava em causa uma providência cautelar movida por Gilberto Ferreira, que é o cabeça-de-lista do movimento independente, e apontava, ainda, “uma relação promiscua” com o movimento ‘Juntos pelo Rossio’, liderado por David Iguaz, também candidato do PS a presidente da Junta da Glória e Vera Cruz, uma vez utilizaram a mesma advogada nos processos movidos contra a coligação e a Câmara, neste caso no âmbito da obra do Rossio.

“Apoio jurídico da Aliança é o mesmíssimo apoio jurídico da Câmara de Aveiro”

O líder da lista independente mantém que a utilização da designação ‘Aliança com Aveiro’ foi abusiva e garante que “não conhece nem tem qualquer tipo de relação” com o representante dos contestários do projeto do Rossio, acusando a coligação PSD-CDS-PPM de também recorrer a advogado camarário. “É de estranhar este tipo de menção quando o apoio jurídico da Aliança é o mesmíssimo apoio jurídico da Câmara de Aveiro. Jamais iríamos apelidar tal fato objetivo como sendo promíscuo”, refere o movimento ‘Sentir Aradas

O comunicado esclarece que Gilberto Ferreira foi militante do PPD-PSD até ao dia 10 de Julho passando, deixando o partido quando abraçou o projeto do movimento que “reúne centenas de cidadãs e cidadãos que, não se revendo na forma de atuação da atual presidente de Junta, dão voz a todas e a todos os aradense, de vários quadrantes políticos”.

Já a presença do cabeça-de-lista da candidatura ‘Sentir Aradas’ na apresentação da lista do PS, o que também mereceu reparos da ‘Aliança com Aveiro, o movimento afirma estar “sempre” disponível “para dialogar e trabalhar com todos os que querem o bem da nossa freguesia, ao contrário daqueles que calam e não dão voz aos Aradenses”.

Publicidade, Serviços & Donativos

Para conhecer e ativar campanhas em NoticiasdeAveiro.pt, assim como conhecer / requisitar outros serviços e fazer donativos, utilize a nossa plataforma online.

Comercio 780