Autárquicas 21 / Aveiro: Ribau Esteves destaca a importância de manter “trabalho em equipa” nas freguesias

1206
Apresentação de candidatos à União de Freguesias da Glória e Vera Cruz, Aveiro (Aliança com Aveiro),
Smartfire 728×90 – 1

A ‘Aliança com Aveiro’ liderada por Ribau Esteves fez, esta segunda-feira, uma apresentação dupla de candidatos às presidências de Juntas de Freguesia nas eleições de final de setembro, arrancando com um périplo pelo concelho adaptado às restrições pandémicas, a completar até domingo.

Com a tónica na continuidade e praticamente sem referências à oposição, o presidente da Câmara e recandidato ao terceiro mandato sublinhou “a importância do trabalho de equipa”, como disse suceder com o executivo da União das Freguesias de Glória e Vera-Cruz, que tem à sua frente o decano dos autarcas, Fernando Marques, uma vez mais cabeça de lista.

O “conjunto vasto de obras, aos olhos de todos que querem ver”, numa “revolução positiva”, que abrange a qualificação urbana da cidade (em curso na Avenida e em fase de arranque no jardim do Rossio), na melhoria da habitação social ou no “reforço” do apoio social, “exige um espírito construtivo” e “interligação diária” num trabalho para o qual o recandidato à Junta local continua a ser visto como “um selo garantia”, pela proximidade à população.

Com o PS a apostar em David Iguaz, um dos rostos da ‘luta’ contra a cave de estacionamento no Rossio, Ribau Esteves assegurou que a ‘Aliança’ pretende “apenas servir os seus concidadãos, não está contra nada, nem contra ninguém”, pretendendo assumir-se com “uma atitude positiva e construtiva”.

Já em S. Bernardo, a apresentação da recandidatura de Henrique Vieira serviu para o edil lembrar com “um gosto especial” que o autarca local aceitou há quatro anos integrar a ‘Aliança’, depois de um primeiro mandato pelo movimento independente ‘Juntos por Aveiro’, dinamizado pelo ex presidente da Câmara Élio Maia.

O exemplo da colaboração com o presidente da Junta serviu para Ribau Esteves garantir que gere os apoios municipais “sem tratamento diferenciado”, afastando críticas recentes que vieram do PS a propósito do ‘caso’ de S. Jacinto, que levou a Câmara a “tomar uma medida difícil”, retendo verbas da freguesia para cumprir sentenças de penhoras movidas à Junta.

Em S. Bernardo, o presidente da autarquia disse ser necessário “prosseguir o trabalho de integração na cidade”, “puxar a ribeira de Vilar como espaço verde” ou “capacitar” a cultura com um novo auditório.

Ribau Esteves não deixaria escapar uma referência à anunciada lista independente apoiada pelo PS que estará a ser formada por Élio Maia, antigo presidente da Junta. “É neste quadro de compromisso, de empenho, alegria, de gente que tem rosto; não somos como alguns que ainda não arranjaram candidato, andam para aí a jogar à escondidinha, de ver quem vai ou não vai, a fazer de conta que conta que são inovadores”, criticou.

“Serei igual a mim próprio”, prometeu Fernando Marques, recandidato ao terceiro mandato, mas já com outros períodos que perfazem 28 anos de gestão na freguesia, agora União da Glória e Vera Cruz, “sempre a pensar na qualidade de vida e bem estar”, atribuindo “mérito” à Câmara pela obra feira.

Henrique Vieira espera que seja possível no próximo mandato “terminar” projetos já tratados pela Junta com a Câmara, como a requalificação da Aldeia Desportiva ou a Avenida Padre Felix, e outros em vista, como um espaço para instalar empresas de ‘nova geração’ a sul da freguesia ou dar condições a mais habitação. Deixou ainda uma chamada de “atenção e alerta” para o movimento independente que estará em marcha.

Artigo relacionado

Autárquicas 21: Ribau Esteves pede aos apoiantes mobilização junto de quem habitualmente não vota

Publicidade, Serviços & Donativos

Para conhecer e ativar campanhas em NoticiasdeAveiro.pt, assim como conhecer / requisitar outros serviços e fazer donativos, utilize a nossa plataforma online.