Associação Florestal Entre Douro e Vouga faz uma forte aposta na formação especializada

962
Foto do Facebook Arouca Agrícola.

Melhorar a competência dos operadores que atuam no terreno é uma das prioridades da Associação Florestal Entre Douro e Vouga (AFEDV), com sede em Arouca, cuja oferta formativa é particularmente eficaz.

Produtores florestais *

No primeiro ano de pandemia, o número de formandos duplicou, alcançando um total de quase 3.700 pessoas.

“Estamos conscientes das necessidades de formação especializada neste setor e, por isso, apostamos no desenvolvimento de ações modulares que melhorem as competências dos trabalhadores e que valorizem a sua intervenção”, explica o presidente da AFEDV, Luís Maia.

Continuar para ler artigo completo.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.