“As piores dores da obra” nas ‘pontes’ “ainda não chegaram” – Ribau Esteves

2400
'Rotunda das pontes', Aveiro (Foto divulgada no Facebook por João Miguel Campos).
Dreamweb 728×90 – Video I

A chamada ‘rotunda das pontes’, no centro da cidade de Aveiro, vai conhecer, ainda, uma derradeira intervenção, que terá início dentro de pouco tempo, causando grandes constrangimentos no trânsito local.

Informação transmitida pelo presidente da Câmara na reunião pública do executivo, esta sexta-feira à tarde.

O assunto foi colocado no período antes da ordem do dia pelo vereador do PS Rui Soares Carneiro, questionado se os trabalhos que têm vindo a decorrer no local, enquadrados na empreitada em curso na rua João Mendonça / Jardim do Rossio, já tinham terminado.

O eleito socialista alertou, também, para os problemas que estão a ser causados na circulação devido ao estacionamento “abusivo” junto à praça Melo Freitas, procurando saber se o acesso pela rua João Mendonça continuará vedado até à inauguração da obra no jardim, prevista para o final do ano, ou “abrirá mais cedo”.

O líder da edilidade esclareceu que a intervenção na ‘rotunda das pontes’, excetuando o reforço da zona central, onde ainda falta colocar o novo elemento decorativo, “não está nada terminada”. Pelo contrário, “as piores dores da obra ainda não chegaram”.

É que avançarão, “nos próximos dias”, os trabalhos de repavimentação e a renovação dos passeios envolventes. “Devo avisar já que vai perturbar de forma relevante a fluidez e deverá demorar quatro a cinco semanas. Irá perturbar muito o trânsito na zona”, avisou.

Ribau Esteves informou que se trata de “uma das últimas operações da obra do Rossio”. A ‘rotunda’ irá ficar com duas faixas para a circulação, acabando com o estacionamento abusivo, e aumentará, “substancialmente para o dobro” os passeios. A colocação da “obra da arte”, ainda não revelada publicamente, decorrerá em separado à empreitada.

Artigos relacionados

Aveiro: Rua João Mendonça fecha ao trânsito em junho

Avança mais uma fase da obra de requalificação do Rossio

UA não facilitou uso de terreno para estacionamento junto ao IDPJ

O vereador do PS alertou a Câmara, também, para o mau estado de uma zona usada como estacionamento improvisado, num terreno propriedade da Universidade de Aveiro (UA), junto à delegação da IPDJ. Rui Soares Carneiro perguntou se a instituição de ensino superior teria “abertura” para disponibilizar o espaço permitir melhorar as condições, nomeadamente com arranjo do piso, aumentando a oferta de lugares.

Ribau Esteves confirmou que suscitou a questão junto do Reitor da UA, já há cerca de três ou quatro anos, mas “não acho interessante a minha ideia e a zona continua como está”. A Câmara vai, ainda assim, pressionando para que o terreno “que está em regra em más condições”, seja limpo e os buracos tapados. “Respeitamos a decisão da UA, embora esteja em más condições para ser usado. Pode ser um dia destes tenha recetividade para ter a qualidade razoável como acontece nos terrenos dos antigos armazéns e do Mário Duarte”, disse, referindo ao parque de estacionamento junto ao hospital.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.