Albergaria-A-Velha: Dois lotes renderam mais de meio milhão de euros em hasta pública

1947
Paços de concelho de Albergaria-a-Velha.

Uma hasta pública de terrenos municipais promovida em novembro pela Câmara de Albergaria-a-Velha rendeu cerca de 522 mil euros.

O executivo liderado por António Loureiro (CDS) deliberou numa das últimas reunião adjudicar, por unanimidade, as alienações em causa.

O valor mais alto foi alcançado pela alienação de um lote de 4470 metros quadrados na zona industrial, que rendeu 320 mil euros (preço base de licitação).

Na parcela adquirida por uma empresa está implantada uma cave em betão armado e três pisos acima do solo em construção metálica deixados na fase de construção.

Já um lote na Rua Comendador Martins Pereira, na sede do concelho, com a área de 961 metros quadrados de terreno destinado a construção foi arrematado por 202 mil euros (preço base de 200 mil euros). Esta venda concretizou-se depois de uma primeira tentativa que não suscitou interesse.

O executivo camarário aprovou, entretanto, fazer a aquisição de dois imóveis.

Um deles porque está abrangido na área do projeto do arranjo urbanístico e ordenamento do território em Frossos, na freguesia de S. João de Loure e Frossos. O acordo negociado com os proprietários prevê o pagamento de 19.500 euros.

No âmbito da ampliação da Zona Industrial de Albergaria-a-Velha, foi dada luz verde à aquisição de mais alguns prédios por 45.450 euros.

Artigos relacionados

Albergaria-A-Velha: PSD defende serviço de apoio a empresas na zona industrial

Albergaria-A-Velha: Mais 200 mil euros investidos em terrenos para ampliar zona industrial

Publicidade, Serviços & Donativos