Oliveira de Azeméis fecha 2018 com “resultados extraordinários” e endividamento nulo

1755
Paços de Concelho de Oliveira de Azeméis.
Dreamweb 728×90 – Video I

Em outubro de 2017, após ganhar as eleições ao PSD, o executivo PS deparava-se com um endividamento líquido de 9,35 milhões de euros.

Em apenas três meses, até janeiro de 2018, reduziu-o para 7,88 milhões e em dezembro de 2018 “ficou com endividamento nulo”, como explica o presidente da autarquia, Joaquim Jorge Ferreira, citado pela Agência Lusa (ler artigo).

Publicidade, Serviços & Donativos