Vagos: Cadáver de mulher encontrado nas margens do rio Boco sem sinais de crime

1324
Polícia Marítima.
Dreamweb 728×90 – Video I

A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro assumiu as investigações para procurar esclarecer as circunstâncias do aparecimento do cadáver de uma mulher na margem do Rio Boco, no concelho de Vagos.

O alerta foi dado ao início da tarde para a Polícia Marítima pela guarnição de uma draga que se encontrava a operar a nas proximidades.

Muito possivelmente, segundo apurámos, o cadáver será de uma senhora que estava desaparecida.

A PJ remete informações mais concretas para quando tiver certeza, adiantando apenas que na primeira avaliação não havia indícios de crime.

Na última semana do passado mês, decorreram em Vagos buscas de uma septuagenária moradora no Fontão, freguesia de Sosa, que estava dada como desaparecida, não tendo sido encontrada.

Após o alerta, elementos da Polícia Marítima, apoiados pelos elementos da Estação Salva-vidas de Aveiro, removeram o corpo da água.

O Delegado de Saúde também compareceu no local para declarar o óbito. O cadáver foi transportado pelos Bombeiros Voluntários de Vagos para o Instituto de Medicina Legal de Aveiro.

Publicidade, Serviços & Donativos