Uma Universidade Europeia pode realmente funcionar?

577
Imagem do site ECIU.
COTEC728

O movimento de académicos em toda a Europa pela aprendizagem e investigação é central para a nossa capacidade de criar dinâmicas que possam assegurar o aparecimento de um forte ecossistema de ensino superior do qual as universidades, a sociedade e os cidadãos acabarão por beneficiar.

Por Niall Power *

Num discurso na Universidade Paris-Sorbonne em 2017, o Presidente da França Emmanuel Macron, propôs a criação de “uma rede de universidades em toda a Europa com programas em que todos os seus alunos estudam no estrangeiro e têm aulas em pelo menos duas línguas”.

Estas Universidades Europeias serão também os veículos da inovação educacional e da busca pela excelência.” Até 2019, a Comissão Europeia respondeu a esse desafio lançando o projeto-piloto Universidades da UE e selecionou 17 redes universitárias para iniciar o seu trabalho no desenvolvimento do novo conceito de Universidade Europeia.

A Universidade ECIU é uma daquelas primeiras redes selecionadas em busca do objetivo a que o Presidente Macron aludiu, sendo a UA um parceiro-chave no desenvolvimento.
A peça central da proposta da ECIU é o desenvolvimento de “micro-credenciais”, que será uma forma de certificação oficialmente reconhecida para atestar que o titular completou com sucesso um curso avançado, mas curto, de educação e formação e desenvolveu capacidades específicas.

Neste modelo, as empresas e outras partes interessadas da sociedade participam na decisão de qual deve ser o conteúdo do curso. Outras vantagens das micro-credenciais passam por serem flexíveis na medida em que podem ser completadas em diferentes países e são acessíveis aos estudantes tanto dentro como fora do sistema universitário. Para obter micro-credenciais na Universidade ECIU, os alunos assumem projetos, ou, para ser mais exato, desafios comunitários propostos por parceiros externos como empresas, associações cívicas e municípios. O processo de resolver os desafios da ECIU é uma experiência de aprendizagem que os alunos consideram produtiva, motivadora e gratificante.

Mas pode uma Universidade Europeia realmente funcionar? A forma como as Universidades são administradas difere muito de país para país. As organizações, algumas das quais datam dos tempos medievais, não são fáceis de transformar em algo novo.

No entanto, há um novo sentido de urgência no sector do ensino superior – um sentido de que não podemos depender inteiramente dos modelos do passado para nos prepararmos para o futuro sofisticado que nos espera. Não é um mito que cada vez mais empregadores procurem primeiro o talento, não os diplomas. Algumas das principais corporações multinacionais do mundo criaram suas próprias instalações de formação para desenvolver esse talento, o que significa que elas têm menos necessidade de depender das Universidades.

O movimento de académicos em toda a Europa pela aprendizagem e investigação é central para a nossa capacidade de criar dinâmicas que possam assegurar o aparecimento de um forte ecossistema de ensino superior do qual as universidades, a sociedade e os cidadãos acabarão por beneficiar, porque continuam a proporcionar acesso à aprendizagem e a oportunidades a um número cada vez maior de pessoas à medida que o sector do ensino superior cresce exponencialmente em todo o mundo. Uma Universidade Europeia pode realmente funcionar? Tem de conseguir.

Após apenas 2 anos desde o seu início, a ECIU já está a impulsionar a criação de um “ecossistema à escala europeia onde a procura e a oferta de educação, investigação e inovação das instituições membros e das suas partes interessadas se juntam”, assegurando uma oferta de ensino superior totalmente relevante para as necessidades da sociedade numa nova universidade europeia para o futuro.

* Embaixador Local da Universidade ECIU na UA. Artigo publicado originalmente no site UA.pt.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.