“Tudo faremos para que Aveiro tenha as piscinas de volta” – Nelson Peralta (BE)

2228
Antigas piscinas do SCBM.
Smartfire 728×90 – 1

O Bloco de Esquerda realizou uma conferência de imprensa junto às antigas piscinas do Beira-Mar, num momento onde a empresa proprietária dos terrenos entregou um pedido de licenciamento para a demolição das infraestruturas. O Bloco entende que o licenciamento camarário deve estar sujeito ao interesse público.

Recorde-se os contornos do negócio com mais de uma década. Pela calada da noite, a Câmara Municipal vendeu os terrenos por 1,2 milhões de euros ao Beira-Mar. Em acto contínuo, alguns minutos depois, o Beira-Mar revendeu os terrenos a uma empresa privada pelo dobro do valor. Ainda para mais apesar da venda o terreno não foi pago à autarquia por problemas com o cheque. Recorde-se que Ribau Esteves já assumiu que o terreno vale pelo menos o triplo do que aquilo que a empresa privada pagou pelo mesmo.

Nelson Peralta, candidato à Câmara Municipal de Aveiro, classificou este negócio como, “no plano ético, uma vigarice que foi feita ao povo aveirense. E é um esqueleto no armário da coligação PSD/CDS. Ao longo dos anos, temos defendido que a autarquia tente a anulação – por via judicial – da venda. Apesar da insistência do Bloco de Esquerda, a coligação de direita nunca avançou nesse sentido, inclusive quando o Presidente da Câmara já era Ribau Esteves”.

Agora, a empresa proprietária do terreno fez entrar na Câmara um processo para a demolição das infraestruturas. Para o candidato do Bloco, “a autarquia deve desenvolver todos os esforços para garantir o retorno do terreno, seja por via judicial seja por negociação com o proprietário. A prioridade deve ser que Aveiro volte a ter piscinas naquele local”. E recorda que “a propósito dos 65 apartamentos a custos controlados que o Estado central quer construir junto ao viaduto de Esgueira, Ribau Esteves fez voz grossa e diz que pode travar este investimento público – e absolutamente necessário a Aveiro – ao recusar um licenciamento por parte da autarquia. Mas sobre as piscinas reina o silêncio. O Bloco entende que é sobre as piscinas que deve haver essa reserva de licenciamento”.

Nelson Peralta concluiu dizendo que “a coligação de direita se tem esforçado para ter fundos europeus para um estacionamento inútil no Rossio, mas nada fez a esse nível para voltar a ter piscinas abertas ao público em Aveiro. Tudo faremos para que Aveiro tenha as piscinas de volta”.

Bloco de Esquerda – CCCA

Publicidade, Serviços & Donativos