Três assaltantes condenados a prisão

708
Tribunal de Aveiro.
Comercio 780

Três homens foram condenados, esta terça-feira, no Tribunal de Aveiro, a penas de cadeia por assaltos na zona de Albergaria-A-Velha, num caso com recurso a violência física. Dois ficaram com a pena suspensa, beneficiando da idade jovem à data dos factos. Ambos encontram-se em liberdade. Já o ‘cabecilha’, que tem largo cadastro, irá ter de cumprir tempo de reclusão, mantendo-se em prisão preventiva a aguardar o trânsito em julgado de mais este processo.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

O Tribunal de Aveiro condenou a penas de prisão três indivíduos por diversos furtos a empresas e estabelecimentos em Albergaria-A-Velha. O trio esteve muito ativo em 2019 e 2020. A detenção do cabecilha quando estava a tentar vender artigos furtados numa sucateira pôs fim à atividade criminal.

O principal acusado, atualmente detido, reincidente, viu-lhe ser aplicada a pena de nove anos e meio de cadeia, feito o cúmulo jurídico das penas parcelares aplicadas por seis furtos, um dos quais tentado, e, ainda, um crime de violência depois da subtracção (agressão com um pau cometida durante assalto). O homem seria absolvido de três crimes que lhe estavam imputados: um de ameaça agravada e dois furtos, neste últimos casos por falta de provas do seu envolvimento. A juíza presidente fez notar a reincidência do arguido neste tipo de criminalidade, apesar de ter cumprido já várias penas. “Esta pena é para proteger a sociedade”, explicou a magistrada.

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Os dois cúmplices também receberam penas de cadeia. A mais pesada foi de três anos e meio de prisão (cúmulo de penas parcelares por crime de violência depois da subtracção, um furto tentado e outros dois consumados). Neste caso, o arguido foi absolvido de um furto. A pena mais leve, de um ano e cinco meses, recaiu num arguido condenado por participação em dois furtos, um deles tentado. Os dois arguidos beneficiaram do regime especial para jovens, ficando com as penas suspensas, ainda que obrigados a cumprir um regime de prova a definir.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.