Três anos e meio de prisão, com pena suspensa, por tentativa de violação

589
Tribunal de Aveiro.
Smartfire 728×90 – 1

Um homem de 37 anos, operário fabril, residente no concelho de Vagos, foi condenado pelo Tribunal de Aveiro a três anos e meio de cadeia, com pena suspensa, por tentativa de violação.

O arguido ficou obrigado, ainda, a pagar 5.000 euros (em prestações semestrais) à ofendida, uma mulher de 46 anos, e a submeter-se a tratamento médico do foro psicológico.

O caso remonta a 28 de outubro de 2016, no concelho de Vagos, já de noite, quando a mulher estava sozinha a fechar o portão do seu quintal.

Segundo a acusação, o indivíduo apeou-se da bicicleta e surpreendeu a ofendida, agarrando-a com as mãos. Impondo o seu corpo, deu beijos na boca, apalpou os seios e procurou introduzir os dedos na vagina.

A mulher resistiu e escapou por momentos ao agressor, mas foi agarrada pelo pescoço. Apesar de ameaçada para não gritar, conseguiu, na segunda tentativa, arrastar-se para a estrada de saibro próxima e fugir, usando o telemóvel para pedir socorro.

O acórdão considerou a atitude do arguido “extremamente censurável, tanto mais porque persistiu, apesar da resistência, causando vários ferimentos à ofendida”.

O homem, que tem “um ligeiro atraso mental, embora sem oferecer perigosidade desde que acompanhado”, remeteu-se ao silêncio no julgamento.

A pena teve em conta a boa inserção laboral e social do arguido, bem como o facto de não possuir quaisquer antecedentes criminais.

Publicidade, Serviços & Donativos