Tráfico de droga: Penas suspensas para comerciantes e ex-gerente de café

817
Palácio de Justiça, Aveiro.
Smartfire 728×90 – 1

Um casal de comerciantes que traficava droga (haxixe) no concelho Aveiro e em localidades vizinhas foi hoje condenado no Tribunal de Aveiro a penas de cadeia: cinco anos no caso do homem e quatro anos e meio relativamente à mulher, que se encontra em gravidez adiantada.

Um terceiro arguido, que explorava o café de uma coletividade desportiva, foi condenado por tráfico de menor gravidade a dois anos e meio de prisão.

Todas as penas ficaram suspensas com obrigações dos condenados, nomeadamente manter atividade laboral e frequência de consulta médica para controlar a toxicodependência.

A juíza presidente referiu que pesou a favor dos arguidos a ausência de antecedentes criminais relevantes, o tempo que passou sobre os factos imputados, bem como à inserção familiar e profissional.

Aquando da detenção pela PSP, em julho de 2018, o casal tinha na sua posse cerca de meio quilo de canábis. Num ano, lucraram mais de 11 mil euros com a venda de produto estupefaciente, só a avaliar pelos consumidores que testemunharam em tribunal.

O arguido que viu a acusação alterada para tráfico de menor gravidade era também consumidor. O tribunal determinou a restituição de 5 mil euros que lhe tinham sido apreendidos à ordem do processo.

Artigo relacionado

Aveiro: Comerciante e antigo gerente de café de coletividade desportiva respondem por tráfico de droga

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.