Tonelada e meia de polvo apreendida em ‘fuga à lota’

2437
Apreensão de polvo, GNR.

A Unidade de Controlo Costeiro, através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Aveiro, apreendeu, ontem, no porto de pesca costeira de Aveiro, 1543 quilos de polvo vulgar (octopus vulgaris).

No âmbito de uma operação destinada ao controlo do cumprimento das normas que regem a comercialização de pescado fresco, foi fiscalizado um espaço de armazenamento, onde foram detetados 430 quilos de polvo, sem o peso mínimo obrigatório para a captura (750 gramas) e, 1 113 quilos, sem a declaração referente ao regime da 1.ª venda em lota (‘fuga à lota’).

Nesta ação, informa a GNR, resultou ainda a identificação de um homem de 60 anos e elaborado um auto de contraordenação.

“O pescado, depois de ter sido submetido a inspeção higiossanitária, foi considerado próprio para consumo e entregue a diversas instituições de solidariedade social”, conclui a nota de imprensa.