Suspeito de furtos em Ílhavo preso preventivamente

3872
Viatura de patrulha da GNR.

Um homem de 33 anos,  suspeito de furtos em estabelecimentos comerciais e residências, em Ílhavo, ficou em prisão preventiva a aguardar julgamento, informou a GNR.

No âmbito de uma investigação que decorria há cerca de três meses, a Guarda apurou que “o indivíduo arrombava os estabelecimentos comerciais com o intuito de furtar as máquinas de tabaco e dinheiro e, nas residências, furtava o que fosse de fácil transporte e comercialização, como ouro e joias.”

De acordo com a GNR, na sequência das diligências dessa investigação, foi realizada uma busca domiciliária onde foi apreendido material que tinha sido furtado.

O detido, que já cumpriu pena de prisão pelo mesmo crime, foi presente ao Juízo de Instrução Criminal em Aveiro, tendo-lhe sido aplicada a prisão preventiva.

Publicidade, Serviços & Donativos