Sub lanço Albergaria-A-Velha / Estarreja da A1 passa a três faixas em cada sentido

912
A1 - Albergaria / Estarreja.
Dreamweb 728×90 – Video I

A Brisa prevê avançar, no próximo ano, com o alargamento da Auto-Estrada do Norte (A1), no sub lanço Albergaria-A-Velha / Estarreja, das atuais duas para três vias em cada sentido.

Segundo informações da concessionária, estima-se um período de construção de, aproximadamente, 18 meses.

O projeto, que se encontra em fase de consulta pública do Estudo de Impacte Ambiental (EIA), tem início no nó de Albergaria, ao km 247+500, e termina antes do nó de Estarreja, ao km 257+900, perfazendo uma extensão de cerca de 10,4 km.

Desde que entrou ao serviço, em 1983, o troço em causa sofreu apenas algumas obras de beneficiação, nomeadamente o reforço de pavimento.

“Com o presente projeto de alargamento e beneficiação pretende-se melhorar o atual nível de serviço, criando uma terceira via por sentido de circulação, uma vez que se registam já níveis superiores a 35 mil veículos de trafego médio diário anual que obrigam à existência dessa terceira via”, explica a Brisa.

Será necessário proceder, entre outras obras, à substituição das atuais passagens superiores

Para o nó de Albergaria está previsto o seu alargamento para três vias, enquanto o de Estarreja não sofrerá qualquer intervenção por já estar dotado daqueles corredores.

O viaduto sobre o Rio Antuã será também alargado ao nível do tabuleiro sem necessidade de executar novos pilares.

O novo sub lanço implicará, contudo, a expropriação de duas habitações cerca do km 256+200, uma em cada um dos lados, estando uma delas não habitada na atualidade. Ambas estão acordadas com os respetivos proprietários.

A concessionária dá, desta forma, continuidade a melhoramentos idênticos nos sublanços seguintes da A1, nomeadamente Estarreja / Feira / IC24 / Carvalhos / Santo Ovídio.