‘Portuguese Beef’ promoveu carnes Arouquesa e Marinhoa em França

1179
Stand da marca 'Portuguese Beef'.

A marca ‘Portuguese Beef’, que integra organizações de produtores de raças autóctones da região, como a arouqueza e a marinhoa, esteve presente no certame internacional Le Salon International de l’Alimentation (SIAL), realizado em Paris, França (21 a 25 de Outubro).

Um esforço de “promoção de raças bovinas portuguesas de excelência nos mercados internacionais”, que contou com a visita do do Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira.

O agrupamento responsável pela marca ‘Portuguese Beef’ justifica a presença por se trata de um “dos mais importantes certames para o setor agroalimentar”.

Os criadores nacionais poderam, assim, promover os seus produtos junto de milhares de visitantes, incluindo profissionais.

A marca ‘Portuguese Beef’ integra-se num projeto de internacionalização da carne bovina das raças autóctones, com especial ênfase às raças Arouquesa, Barrosã, Cachena, Marinhoa, Maronesa, Minhota e Mirandesa.

“O êxito da participação proporcionou a promoção da marca, dos seus produtos, o estabelecimento de vários contactos e o estreitamento de relações comerciais”, referem os promotores.

Aproveitando a viagem, os produtores organizaram um ‘Portuguese Beef Tasting’ no restaurante Plaisir du Portugal, em Créteil.

“Este evento, complementar à participação no SIAL, direcionado maioritariamente a decision-makers, opinion-makers, importadores e distribuidores provenientes do sector, permitiu não só, para todos os convidados, saborear a carne de sete raças autóctones portuguesas, assim como usufruir de vários momentos de partilha de experiências, conhecimentos e criação de sinergias.”

O programa de internacionalização do projeto ‘Portuguese Beef’, cofinanciado pelo Compete 2020, envolve um investimento total de 426.637 euros, sendo cofinanciado em 85%.