Rixa com esfaqueamento em discoteca tem um segundo detido

976
PJ do Porto.
Dreamweb 728×90 – Video I

A PJ do Porto deteve um homem com antecedentes por violência de 40 anos pela prática dos crimes de homicídio na forma tentada, detenção de arma proibida e exercício ilegal de segurança, no âmbito de inquérito tutelado pelo Ministério Público de Santa Maria da Feira.

Segundo um comunicado, os factos ocorreram a 8 de junho do ano passado no interior e nas imediações de um estabelecimento de diversão noturna sito em Nogueira da Regedoura.

“Na ocasião, dois grupos de clientes envolveram-se em agressões no interior do estabelecimento, facto que motivou a intervenção da equipa de segurança do estabelecimento”, relata a PJ sobre a segunda detenção neste caso.

Ainda de acordo com o comunicado, “no decurso dos desacatos, um dos clientes veio a ser ferido com uma arma branca, tendo o arguido, elemento associado à segurança da discoteca, munido de uma arma de fogo, disparado intencionalmente na direção de, pelo menos, três pessoas.”

Os disparos não provocaram feridos, apesar de no local estarem centenas de pessoas.

No âmbito deste inquérito, foi já detido a 16 de janeiro passado, um indivíduo de 21 anos indiciado também por homicídio na forma tentada, colocado em prisão preventiva.

A investigação da PJ prossegue “para apuramento de todo o circunstancialismo e pessoas envolvidas”.

O agora detido, carpinteiro, tem antecedentes pela prática dos crimes de condução sem habilitação legal, extorsão, ameaça, roubo, homicídio tentado, detenção de arma proibida e ofensas à integridade física. Será presente primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Publicidade, Serviços & Donativos