Ribau decidiu não disputar a sucessão de Rio Rio na liderança do PSD

906
PSD (campanha eleitoral, foto de arquivo).

Ribau Esteves anunciou hoje, numa declaração à imprensa na sede concelhia do PSD de Aveiro, que não é candidato à liderança do partido nas eleições diretas agendadas para 28 de maio por falta de apoios (com declarações áudio).

O ex secretário-geral explicou que a sua decisão teve várias razões, nomeadamente a falta de “eco” ao desafio lançado para “lançar e provocar” um debate interno sobre o futuro do PSD e não conseguir, em tempo útil, “estruturar na totalidade do território uma equipa de combate para ganhar as eleições diretas”.

Irá agora remeter-se à condição de militante, mas atento e interessado em dar o seu contributo ao partido. “Tenho uma determinação forte de prosseguir este trabalho para conseguirmos entrar nessa etapa de partido renovado”, garantiu.

O autarca assumiu, entretanto, que mantém “pontes de contactos” com duas candidaturas com o propósito de trabalhar para “unidade de ação”.

Ribau Esteves, como era previsto, não está com a candidatura de Luís Montenegro, deixado em aberto o seu apoio a outros candidatos que venham a surgir. “Apoiarei o melhor ou o menos mau”, afirmou, admitindo que já teve conversas com Jorge Moreira da Silva, podendo vir a recair no ex-ministro o seu apoio.

Para já, está ‘na corrida’ ex-deputado pelo distrito de Aveiro e ex-líder parlamentar Luís Montenegro, que foi o primeiro a confirmar a candidatura à sucessão de Rui Rio, remetendo para mais tarde a apresentação pública. Jorge Moreira da Silva também estará a trabalhar nesse sentido.

Ribau Esteves está a cumprir o terceiro e último mandato à frente da Câmara de Aveiro, tendo já garantido que é para levar até ao fim.

Discurso direto

“O conselho nacional e as estruturas distritais estão tomadas pelo medo de perder, sem capacidade de arriscar um futuro diferente, tolhidas por compromissos cruzados assumidas nos últimas disputas pela liderança do PSD (…) É preciso mais tempo e trabalho para termos uma alternativa forte dentro do PSD”.

“Quando falo de estigmatização tem a ver com o partido não conseguir na sua estrutura o debate sobre o PSD. Um deserto de participação, de debate, dos que deviam dar contributos objetivos. Há essa estigmatização de quem não consegue fazer a mudança para o debate profundo e fica-se a discutir os apoios a pessoas ou tacitismos”.

Artigos relacionados

Ribau Esteves encara como natural a candidatura de Luís Montenegro no PSD

PSD: Ribau Esteves ainda em ponderação e diz que Montenegro “pertence ao passado”

Ribau Esteves avança no PSD com o apoio da linha de Rui Rio

PSD: Ribau afasta “mais do mesmo” e afirma-se “muito interessado e disponível” para “processo de relançamento”

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.