“Mesmo sem uma grande partida, justificámos em pleno a vitória” – Ricardo Maia (treinador do BM)

498
Beira-Mar - Águeda, foto do Facebook do SC BM (3 de abril 2022).
Smartfire 728×90 – 1

O Beira-Mar foi obrigado a dar a volta a um resultado desfavorável para conquistar a terceira vitória seguida, este domingo, na receção ao Recreio de Águeda (2-1) permitindo manter a distância de cinco pontos na liderança para o Paivense, que também não desarma.

Artigo relacionado

Camp. Sabseg: Beira-Mar vence Águeda após reviravolta com golos na segunda parte (2-1)

Apesar do golo de vantagem dado no início da segunda parte, o treinador aveirense não deixou de aplaudir o desempenho da sua equipa.

“Mesmo não fazendo uma grande partida, o Beira-Mar foi a única equipa que procurou verdadeiramente vencer o jogo e pelo que fez, nos 90 minutos, o resultado parece-me claramente acertado”, afirmou Ricardo Maia no balanço da partida a contar para a sexta jornada da fase de apuramento do campeão.

“O que será mais estranho foi sofrer o primeiro golo, que não é um hábito nos jogos em casa, foi o único ponto negativo, que resultou de má comunicação defensiva da nossa parte”, acrescentou.

Apesar disso, “a reação, as oportunidades criadas, sempre numa perspetiva de avolumar o resultado, sem por em causa o mesmo, mesmo sem fazer uma grande partida fomos donos e senhores do jogo, justificámos em pleno a vitória”, disse ainda o técnico do Beira-Mar, salientando que o Águeda veio “motivado” pela recente troca de treinador para conseguir um resultado diferente, apresentando-se já com algumas mudanças, fruto disso.

“Mérito total para os nossos jogadores, para o que conseguimos fazer”, vinco Ricardo Maia, satisfeito com a resposta dada em campo.

“Se vencemos é a primeira condição para estarmos felizes, depois se os adversários diretos fizerem o deles é mais uma jornada que passa mas a manutenção dos pontos continua igual, queremos continuar a vencer para tentar alargar essa margem, mas só conseguimos controlar o que fazemos”, lembrou.

Segue-se agora uma deslocação a Lamas, onde a equipa local tem vindo a reagir bem à mudança de treinador (cargo assumido por Américo Pereira, ex-adjunto), somando este domingo, em Cesar, a terceira vitória seguida (0-2) que vale o terceiro lugar com 34 pontos. “À semelhança do Florgrade, é mais uma equipa que, porventura, vamos apanhar no seu melhor momento de forma, mas queremos apresentar o nosso melhor jogo e trazer os três pontos”, concluiu Ricardo Maia.

Discurso direto

“Foi um jogo emotivo, um bom jogo. Sabíamos que era um adversário muito fortíssima, a melhor equipa do campeonato no meu ponto de vista. Nos aspetos táticos e na estratégia montada para o jogo, fizemos um jogo tremendo. Organizado, com critério e sair para o ataque. Fizemos o golo e a partir daí o Beira-Mar com todas as opções que tem forçou, empatou, fez o segundo e podia ter feito mais, foi um vencedor justo. Agora queremos recuperar os jogadores de hoje, não estão habituados a esta intensidade. Até ao fim vamos jogo a jogo, domingo é o Paivense. Vamos tentar elevar os índices físicos e mentais. Ir até ao fim, temos a Taça também e com calma começar a preparar a nova época” – Fernando Pereira, treinador do Recreio de Águeda.

Mais informações em https://www.afatv.pt/jornada/1

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.