“Resposta dos jogadores tem sido muito boa, Canelas foi um percalço” – Ricardo Sousa, treinador do BM

621
Smartfire 728×90 – 1

O treinador do Beira-Mar mostrou-se “muito satisfeito” com o arranque da época. Em quatro jornadas, o clube de Aveiro soma três vitórias e uma derrota no Campeonato de Portugal. E está na terceira eliminatória da Taça de Portugal.

“Apesar das dificuldades, olhando ao que tem sido feito, devo dar os parabéns ao grupo, que tem ido ao encontro do que pretendo e, mais importante, do que os adeptos pretendem”, afirmou Ricardo Sousa ao intervir no debate online ‘Quarentena da Bola’ moderado por Rémulo Jónatas transmitido esta quarta-feira à noite no Facebook do ‘Campeonato de Portugal – Campeonato das Oportunidades’, que contou ainda com treinadores das séries A,B e C.

Uma época “preparada com muitas dificuldades, devido à quebra de patrocínios” motivada pelas cautelas das empresas perante o momento pandémico. “Independentemente disso, o Beira-Mar tem uma visibilidade muito grande e desperta interesse de investidores. Mas não está a perder identidade” fez notar o treinador que teve de formar um plantel “quase novo” com o objetivo de ganhar um lugar na nova Liga.

Além disso, o clube “retirou um pouco” do orçamento que poderia ser para contratações, destinando verbas para infraestruturas e a sua própria reorganização, o que “teve influência” na escolha de jogadores. “Dói-me como treinador, mas como adepto sei que o clube vai estar mais forte”, sublinhou Ricardo Sousa concordando com a direção liderada por Hugo Coelho.

Os reforços foram ao encontro do perfil traçado para esta época. “Procurámos jogadores com qualidade, raça, que queiram ganhar. Acima de tudo, a quem a derrota custe a aceitar. Jogadores com o nosso ADN que nos façam lembrar os velhos tempos”, explicou o técnico nas suas primeiras declarações esta época, já que o silêncio tem sido a regra nestes primeiros jogos.

O único lamento em termos de resultados até agora foi a entrada com o pé esquerdo no campeonato. “A resposta dos jogadores tem sido muito boa, a derrota com o Canelas foi um percalço, sofremos um auto golo e perdemos oportunidades para ter um melhor resultado”, disse Ricardo Sousa.

Surgiram, entretanto, dificuldades com lesões de recuperação prolongada (Pedro Soares, Mitrovic) e outras que afastaram alguns jogos elementos importantes da equipa. Ainda assim, o treinador aurinegro elogia os que foram chamados a jogo, porque “têm dado boa conta”, alguns deles a fazer os primeiros minutos como seniores. O Beira-Mar acabou o jogo no terreno do Vila Cortez, domingo passado, com oito jogadores que passaram pela formação da casa.

Discurso direto

“A Série D é extremamente difícil. À exceção do Vila Cortez, todos assumem ou ficar nos cinco primeiros ou em primeiro. Existem equipas que investiram para chegar à segunda Liga, o São João de Ver, o Lourosa, o Canelas. Outros não estão tão bem nesta altura, como o Espinho, que é uma excelente equipa e tem um excelente treinador”;

“Todos os jogos são finais e todos os pontos importantes. O plantel foi criado para isto. Perdeu alguma criatividade, mas tem intensidade e agressividade, quer ganhar. Não tenho melhor equipa, dizem-me. Respondo assim: tenho mais equipa. Queremos sobressair em jogos difíceis.
A nossa série é a série da morte do CdP, a mais difícil. Mas equipas que assumem lutar pelo primeiro lugar podem nem no quinto ficar. Todos os jogos são finais”;

“A criação da Terceira Liga vai aumentar a qualidade, teremos um campeonato com mais competitividade. Este ano já há uma preparação das equipas de forma muito diferente. Nenhuma equipa dessas fez planos para não ficar nos primeiros cinco lugares.
A Terceira Liga pode ser mais positivo ao nível do controlo, um campeonato profissional mais protegido por uma entidade diferente. Assim caminhará para um futuro melhor”;

“Gostávamos de enfrentar uma equipa na Taça de Portugal que não fosse tão forte, para termos mais probabilidades de continuar. Não tenho tido muita sorte. Ganhámos ao Marítimo a época passada. O adversário vai ter de nos temer. Não vamos levar o autocarro. O jogo com o Santa Clara será uma boa oportunidade para alguns jogadores. Queremos jogar para fazer mais uma surpresa. O Santa Clara começou muito bem mas vamos tentar jogar de igual para igual”.

Resultados e classificação do CdP – Série D em https://www.zerozero.pt/edition.php?id_edicao=147540

Publicidade, Serviços & Donativos