‘Quinta do Ribeirinho Pé Franco tinto 2015’ considerado “monumental”

1222
‘Quinta do Ribeirinho Pé Franco tinto 2015’.

O vinho ‘Quinta do Ribeirinho Pé Franco tinto 2015’, do produtor e enólogo Luís Pato (Anadia), recolheu 97 pontos, a mais alta pontuação de sempre para um vinho bairradino na Robert Parker Wine Advocate.

Em nota de imprensa, a Comissão Vitivinícola da Bairrada, faz eco da avaliação feita pelo crítico Mark Squires, descrevendo-o como “um Baga monumental”.

A colheita de 2011 já tinha alcançado 96 pontos na crítica da mesma revista especializada.

O ‘Quinta do Ribeirinho Pé Franco tinto 2015’ é um DO Bairrada da casta Baga plantada em pé franco, ou seja, em terreno arenoso.

Para o crítico de vinhos Mark Squires , ‘Quinta do Ribeirinho [Baga em] Pé Franco tinto 2015’, é “mais impressionante pela sua concentração e estrutura, aliadas a um equilíbrio quase perfeito, conseguido pela acidez e pelos taninos, ainda vincados”.

Características

» Estão disponíveis 2.300 garrafas standard, com um preço de venda ao público recomendado de €130,00. Há apenas 50 garrafas magnum e 50 de três litros. Esta edição medeia duas décadas entre a primeira colheita, 1995, sendo que é um vinho que é produzido apenas em anos excecionais. A colheita anterior foi a de 2012;

» Trata-se de um Baga fermentado em tonel, durante 10 a 12 dias, e estagiado em barricas novas de carvalho francês, de 500 litros, durante 24 meses. Foi engarrafado há quase dois anos, precisamente em Maio, no dia 26. Um vinho que tem descritores aromáticos de framboesa, violetas, pinheiro, eucalipto e resina. Na mesa pede carnes vermelhas e caça, assadas ou fritas e com sabores picantes ou salgados.

Publicidade, Serviços & Donativos