Portos nacionais movimentaram 85 milhões de toneladas em 2019, uma quebra de 5,6%

314
Porto de Aveiro.
VV 728

Os portos nacionais, incluindo os das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, movimentaram mais de 85 milhões de toneladas de mercadorias em 2019, um decréscimo de 5,6% face a 2018.

Dados do último relatório divulgado pelo regulador AMT – Autoridade da Mobilidade e dos Transportes, referente ao ano passado.

“Considerando apenas o tráfego efetuado no ecossistema portuário do Continente, assinala-se um movimento total de 81,9 milhões de toneladas de mercadorias, valor inferior em 5,8% ao registado em 2018 e correspondente a quase menos 5,1 milhões de toneladas. Este desempenho global é muito influenciado pelo comportamento do porto de Sines, que regista uma diminuição de 5,4 milhões de toneladas (menos 12,2%), a que acresce a quebra de 253 mil toneladas da responsabilidade acumulada de Aveiro, Figueira da Foz, Faro e Portimão, anulando as variações positivas dos restantes portos, com destaque para Leixões e Setúbal, com acréscimos respetivos de 278,3 e 200,8 mil toneladas, a que se somam ainda Lisboa e Viana do Castelo, com mais 121,3 mil toneladas, no conjunto”.

Continuar a ler artigo do Jornal Económico.

Publicidade, Serviços & Donativos