Pescadores e marinheiros prestaram devoção a Nossa Senhora dos Navegantes

1299
Foto de João Parracho.
Dreamweb 728×90 – Video I

A Gafanha da Nazaré viveu, este domingo, uma das suas mais emblemáticas celebrações religiosas, com as festas em honra da Nossa Senhora dos Navegantes, que tem muita devoção entre a comunidade piscatória e de marinheiros.

O ponto alto foi a procissão náutica que partiu do porto bacalhoeiro terminando na Capela da Nossa Senhora dos Navegantes, junto ao forte da Barra.

O desfile integra centenas de embarcações, de diversos tamanhos e origens, que variam entre as tradicionais embarcações da Ria e os veleiros, passando pelos rebocadores.

Segundo uma nota histórica disponível no site do município ilhavense, a procissão náutica teve origem em meados da década de 70 (século XX) pelas mãos do Padre Miguel Lencastre após uma viagem a Porto Alegre (Brasil).

Antes desta faceta era sua característica a procissão levar a imagem da Santa, por terra, até ao mar.

As festividades são organizadas pelo Grupo Etnográfico da Gafanha da Nazaré que, tradicionalmente, também inclui um festival de folclore e a atuação de bandas musicais, tradicionais ou populares.

Imagens de João Parracho