Penas de cadeia para trio que roubou e coagiu taxista sob ameaça de armas

1113
Tribunal de Aveiro.

O Tribunal de Aveiro condenou esta sexta-feira a penas de prisão os dois homens e uma mulher, esta última com pena suspensa, acusados de sequestrar em dezembro de 2020 um taxista em Castelo Branco, obrigando-o, sob ameaça de arma de fogo e uma faca, a conduzi-los até Braga.

A viatura acabaria por ser intercetada, com grande aparato, por militares da GNR nas portagens de Albergaria-A-Velha.

Os homens, que se encontram em prisão preventiva, e a mulher responderam por roubo, sequestro e detenção de arma proibida.

Acabaram, por razões jurídicas, absolvidos de sequestro.

O homem com antecedentes criminais (condenações) ficou com uma pena, em cúmulo jurídico, de seis anos de cadeia (posse de arma, coação e roubo).

O segundo indivíduo foi condenado, também em cúmulo jurídico, a cinco anos e três meses pelos mesmos crimes.

Já a mulher, recebeu, igualmente em co-autoria, uma pena de quatros anos e meio, que ficou suspensa com regime de prova e a obrigação de pagar 1660 euros em prestações semestrais durante aquele prazo.

Os arguidos foram condenados, ainda, solidariamente a indemnizar a vítima em 5 mil euros.

A juíza presidente notou, na leitura resumida do acórdão, a credibilidade do depoimento do taxista sobre os factos, “uma experiência extremamente traumática”, o que permitiu, conjugando com as declarações prestadas pelos arguidos, formar a convicção do tribunal, que foi coincidente com a acusação formulada pelo Ministério Público.

Durante o percurso, os arguidos agrediram várias vezes a vítima e exigiram que lhes entregasse todo o dinheiro que tivesse consigo.

A “gravidade e violência dos factos” levaram o coletivo a não levar em conta uma atenuação das penas atendendo à idade dos arguidos à altura (entre os 19 e os 23 anos), censurando nos termos do acórdão a conduta demonstrada, “que não é minimamente aceitável”.

Na viatura circulava também um menor de dois anos, familiar direto dos detidos.

A vítima, que tinha 37 anos aquando dos crimes, não sofreu qualquer ferimento.

Artigos relacionados

Suspeitos de sequestrar taxista dizem que não lhe queriam fazer mal

Trio sequestra taxista com caçadeira para ir do Fundão a Braga

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.