Para além dos fogos florestais, a calamidade das inundações

1034
Lugar das 5 Bicas, Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

Há dezenas de anos que venho escrevendo sobre o assunto e apontando para a negligência no trabalho de conservar limpas e desobstruídas as tubagens; as quais, devem ter câmaras de visita e de corrente de varrer e colectores devidamente dimensionados.

Por Brasilino Godinho *

Se vivesse num País onde prevalecesse a decência, a eficácia, a competência e o zelo na administração pública, estaria perplexo face à ocorrência de inundações nos espaços urbanos. Infelizmente não é o caso de Portugal – onde nasci e vivo. Daí, que nada me surpreenda no português reino de perversa bicharada.

E assim sucede por ser, neste país, diferente e contrária, a tal harmonização da vida colectiva; por culpa de gente que faz da política e da gerência do bem público modo de vida abusivo e explorador em proveito pessoal.

Este escrito vem a propósito da notícia de que na zona alta de Aveiro, das 5 Bicas, houve inundação. Porquê? Presidente da edilidade disse: entupimento das sargetas.

Há dezenas de anos que venho escrevendo sobre o assunto e apontando para a negligência no trabalho de conservar limpas e desobstruídas as tubagens; as quais, devem ter câmaras de visita e de corrente de varrer e colectores devidamente dimensionados.

Não há práticas de limpeza na época própria e, por vezes, nem redes de saneamento bem peojectadas; e depois, sucedem as nefastas ocorrências.

Durante a minha vida profissional, como projectista de infra-estruturas urbanísticas e de vias rodoviárias, projectei bastantes redes de saneamento básico, construídas em vários locais de Portugal.

Não tenho conhecimento de inundações nas áreas servidas por elas –pois que sempre foram redes estudadas e elaboradas para funcionarem com eficácia e segurança; para além dos limites das chuvadas críticas.

Faço esta anotação para que não se julgue que escrevo sem conhecimento da matéria em causa.

* Doutorado em Estudos Culturais, autor. https://www.facebook.com/brasilino.godinho

Artigo relacionado

Câmara de Aveiro atenta às ‘cheias’ em particular na Baixa de Santo António

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.

Comercio 780