Pampilhosa e Beira-Mar dividem pontos

993
Pampilhosa - Beira-Mar (Foto Facebook do Pampilhosa).

O Beira-Mar não foi além de um empate a zero na deslocação à Pampilhosa, perdendo, à segunda jornada, os primeiros pontos no campeonato de elite.

Ficha e vídeo

Uma partida muito equilibrada, em que faltou eficácia a ambas as equipas para conseguirem mexer com o marcador.

À excepção de um período inicial, o Pampilhosa,à semelhança dos visitantes também apontado à luta pelos lugares cimeiros, não deixaria de fazer pela vida em busca da sua primeira vitória.

Os guarda-redes acabaram por ter mérito no desfecho sem golos num jogo em que notou-se falta de pontaria na hora da verdade.

O Beira-Mar, que apresentou-se sem alterações no onze inicial, entrou melhor na partida com a dupla Alex / Artur em evidência, à semelhança do que sucedeu na primeira jornada (vitória caseira com o Alvarenga por 4-2).

Mas os locais, que estrearam-se com um empate (3-3) no reduto do Mourisquense, equilibraram o rumo dos acontecimentos.

A ordem de descanso chegou sem oportunidades flagrantes e o nulo ao intervalo espelhava o que se passava em campo.

O ponta de lança do Beira-Mar Bruno Henrique, lesionado, foi substituído ao intervalo por Monteiro, que estreou-se. O experiente avançado dispôs pouco depois de uma boa oportunidade, num remate que Brito defendeu com os pés.

Sucederam-se alguns ataques a favor dos ‘ferroviários’ tornando a segunda parte mais emotiva, embora em determinadas alturas arrastada por sucessivas faltas e amostragens de cartões.

Os locais acabaram a pressionar, valendo a atenção de Maringá e dos defesas para evitar o pior.

Declarações dos treinadores

“O Pampilhosa vai ser claramente das melhores equipas. Estivemos mais perto do golo.
O Artur aparece completamente isolado, sofre falta, mas o árbitro entende que é simulação. Podia ter mudado tudo.
Não criámos tantas situações como habitualmente, até pela qualidade do Pampilhosa. Ainda não temos o Rodrigo disponível.
Mesmo assim, na segunda parte tivemos as melhores oportunidades.
O empate é um mal menor perante uma equipa difícil e candidata.
Apresentámos qualidade e fomos defensivamente consistentes. Faltou-nos o golo (Cajó – treinador do Beira-Mar).

“Este resultado beneficia mais o Beira-Mar. Na primeira parte não fizemos um jogo bem conseguido. Na segunda fomos claramente superiores, não recordo uma oportunidade do Beira-Mar. O nosso objetivo é subir. No domingo fomos muito prejudicados (Maná – treinador do Pampilhosa).

Fonte: Rádio Terra Nova

Resultados e classificação

Nesta altura, Mansores e Alba são destaques do campeonato, liderando a classificação com seis pontos, fruto de duas vitórias. Mais informação em
https://www.afatv.pt/classificacao/futebol11