Ovar: Sexagenário apanhado pela segunda vez a violar confinamento obrigatório

863
GNR (arquivo).
Dreamweb 728×90 – Video I

A GNR de Esmoriz deteve ontem, na localidade, um homem de 62 anos que reincidiu na violação do confinamento obrigatório.

Os militares da Guarda deslocaram-se à residência do suspeito onde verificaram que se ausentara. O sexganeária seria encontrado”a circular na via pública não usando máscara ou viseira.”

Segundo a GNR, o homem já tinha sido detido pelo mesmo motivo no dia 21 de novembro. Ontem voltou a a conduzido à residência pelos Guardas. O auto foi remetido ao conhecimento do Tribunal Judicial de Ovar.

A GNR recorda que ficam em confinamento obrigatório, em estabelecimento de saúde, no respetivo domicílio ou noutro local definido pelas autoridades de saúde todos os doentes com Covid-19, os infetados com SARS-CoV-2, e os cidadãos relativamente a quem a autoridade de saúde ou outros profissionais de saúde tenham determinado vigilância ativa. A violação do confinamento obrigatório constitui crime de desobediência.

Publicidade, Serviços & Donativos