Ovar / Câmara: Maioria PSD fechou 2021 com “contas certas” e respostas à altura da pandemia

794
Praça da República, Ovar.
Comercio 780

“Somos uma Câmara de contas certas, com uma excelente saúde financeira”. É assim que o presidente da Câmara de Ovar retrata o balanço da gestão do ano passado.

O executivo liderado por Salvador Malheiro aprovou o Relatório de Gestão e Contas, seguindo-se a discussão na Assembleia Municipal.

Em comunicado, a maioria PSD garante que “2021 foi um ano que permitiu conjugar o desenvolvimento integrado do território, o investimento nas pessoas e a salvaguarda dos indicadores de excelência financeira.”

Segundo o edil, “o contexto pandémico”, com o consequente agravamento da crise económica e social, motivou “uma atuação decidida e focada por parte do município para acudir a quem mais precisava”.

Uma ação desenvolvida dentro das capacidades financeiras da autarquia “e muitas vezes transpondo a fronteira do que são as nossas competências diretas” para dar o apoio a todos que necessitavam, fossem munícipes, IPSS ou empresas.

Uma resposta que foi possível graças “à excelente situação financeira”, que permitiu, também, reduzir a carga fiscal municipal.

A atual maioria, que assumiu funções em 2013, assegura que apesar de ter sido “um ano de particular dificuldade”, foi possível, também, “continuar a incrementar o índice de felicidade dos nossos concidadãos”.

Indicadores de gestão

– Saldo do exercício de cerca de 4 Milhões €;
– Saldo de gerência de 10,4 Milhões €;
– Taxa de execução global das Grandes Opções do Plano de 65%.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.

Comercio 780