“Os três pontos foram merecidos, porque tivemos muito mais oportunidades” – Miguel Valença, treinador do BM

1261
Salgueiros - Beira-Mar (foto enviada por Bruno Queirós).
Dreamweb 728×90 – Video I

O treinador do Beira-Mar ficou satisfeito com a resposta dada pela sua equipa frente ao Salgueiros, garantindo a primeira vitória numa partida que esteve empatada a um golo. Já o Salgueiros lançou críticas às arbitragem num jogo em que muitos adeptos visitantes preferiram ficar a ver de fora, devido à falta de condições na bancada.

Artigo relacionado

Futebol / CdP: Beira-Mar justificou vitória mais folgada frente ao Salgueiros (1-2)

“Queríamos entrar muito fortes, num campo complicadíssimo. Sabíamos das dificuldades, também pelo sintético e pelo calor. Queríamos ter oportunidades para fazer golos nos primeiros 15 minutos. Conseguimos. O Salgueiros a perder subiu as linhas, tivemos algumas dificuldades nas transições. É um resultado justo, tivemos bolas ao poste, transições ofensivas que não conseguimos definir da melhor maneira. Acaba por ser o primeiro jogo, de algum nervosismo, todos querem começar bem. A espaços tivemos ansiedade”, admitiu em declarações difundidas no final do encontro pela rádio Terra Nova.

“Ao intervalo, corrigimos alguns aspetos. Estava a faltar-nos ter bola. O Salgueiros depois do golo fez-nos correr mais. Teve mérito, mesmo com menos um ‘encostou-nos às cordas’. O que fica para a história são os três pontos, que foram merecidos, porque tivemos muito mais oportunidades. Entrámos da melhor maneira, queríamos isso. Com esta entrega e entreajuda estaremos mais próximos de conseguir os objetivos, atentos aos pormenores que vão fazer a diferença”, disse Miguel Valença.

A direção colocou como ‘meta’ esta época alcançar a Liga 3. O treinador não renega o desafio, pensado neste momento em chegar aos dois primeiros lugares. “A nossa filosfia é jogo a jogo garantir os três pontos. O campeonato é super competitivo. Não fugimos a essa pressão positiva de colocar o Beira-Mar lá em cima. Neste momento, para atacar os dois primeiros. Foi a nossa primeira vitória”, afirmou.

Sobre eventuais reforços, o treinador deixou ‘a porta aberta’. “O plantel nunca está fechado, estou muito contente com o que temos. Ajustámos numa peça (entrada de Tiago Melo para a a vaga de Mica) , melhorámos em muitas outras posições. Confio nos jogadores atuais. Poderão ocorrer mexidas, mais para a frente, como é normal”, concluiu Miguel Valença.

Discurso direto

“O Beira-Mar teve mais oportunidades sem ter maior domínio. A nossa equipa teve um comportamento exemplar, deu uma boa resposta, mesmo com menos um e depois menos dois. O resultado não me parece justo. Temos uma equipa jovem, com uma mistura de experiência. O campeonato é muito competitivo, estamos preparados para as adversidades. Na expulsão do Diogo Valente, acredito que possa ter uma palavra ou outra de protesto, não para faltar ao respeito. Para nós, não é falta, no decorrer do lance acerta na perna. Na segunda parte, no lance do Pek’s, para mim é grande penalidade” – Mário Ferreira, treinador do Salgueiros.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.