Museu ferroviário da Linha do Vouga com recorde de visitantes num só dia

2366
Museu Ferroviário de Macinhata do Vouga.
Dreamweb 728×90 – Video I

O Museu Ferroviário de Macinhata do Vouga, no concelho Águeda, atingiu, este sábado, um “recorde absoluto”: 433 visitantes apenas num dia.

Seis grupos vindos de Miranda do Corvo, Seixal, Lisboa, Ansião, S. Mamede de Infesta, e Ermida (Santo Tirso) participaram nas visitas guiadas ao espaço museológico contíguo ao ramal da Linha do Vouga.

O sábado contou com uma animação especial na localidade, já que decorreu o Festival de Folclore Infantil de Macinhata do Vouga. Aliás, três dos grupos visitantes do museu estiveram a atuar.

“De salientar que durante o resto do dia foram várias as visitas a título particular”, refere uma nota partilhada nas redes sociais.

Em Junho, o museu foi visitado por 850 visitantes. Destes,148 pessoas deslocaram-se no âmbito do Comboio Histórico do Vouga que começou a circular no final do mês, mantendo-se até 12 de outubro.

Durante o Verão funciona também um programa especial para ocupação de tempo livre nas férias.

Fundado em 1991, o Núcleo de Macinhata do Vouga do Museu Nacional Ferroviário está localizado na segunda estação do ramal de Sernada a Aveiro, ocupa antigas instalações adaptadas para o efeit. Desde há alguns anos que é gerido pela autarquia aguedense no âmbito de um protocolo com a Fundação do Museu Nacional Ferroviário.

O museu apresenta quatro locomotivas a vapor (a mais antiga de 1886), que testemunham mais de um século de história do caminho de ferro nos vales do Vouga e do Dão. Uma ambulância postal, um salão pagador utilizado para os salários dos homens que construíram e fizeram a manutenção das estreitas vias férreas, por vales apertados e encostas íngremes, juntam-se a outras memórias da locomoção a vapor.

Publicidade, Serviços & Donativos