Mais de 50 arguidos começam a ser julgados por tráfico de droga e armas

1281
Tribunal de Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

Medidas especiais de segurança rodeiam o Palácio de Justiça de Aveiro esta quarta-feira, devido ao início de um julgamento por crimes relacionados com tráfico de droga com mais de meia centena de arguidos.

A atividade criminosa focava-se numa família de etnia cigana que traficava a partir de um acampamento no Fial, em Albergaria-A-Velha.

53 pessoas sentam-se no banco dos réus ppr tráfico de droga, tráfico de armas, associação criminosa, branqueamento de capitais e detenção de arma proibida.

Alguns dos acusados já têm cadastro, sendo reincidentes.

Além de tráfico de estupefacientes, os principais arguidos também vendiam armas de fogo.

A rede chegava a localidades de vários pontos do país, como Porto, Braga, Bragança, Lisboa e Leiria. Seria desmantelada em julho de 2017, durante uma megaoperação de combate ao tráfico de estupefacientes, que envolveu a realização de cerca de 40 buscas nos distritos de Aveiro, Braga, Coimbra, Leiria, Lisboa, Porto, Setúbal e Viseu.