Líder distrital do CDS de Aveiro apresenta demissão

495
CDS-PP.
Dreamweb 728×90 – Video I

Fernando Camelo de Almeida demitiu-se da liderança do CDS Distrital de Aveiro, cargo que havia assumido antes das legislativas de janeiro passado, quando o então presidente da comissão política, Ricardo Silva, renunciou ao cargo.

O agora ex presidente da distrital de Aveiro justifica o abandono das funções por discordar de medidas tomadas pela direção nacional a que preside o eurodeputado Nuno Melo.

“Agora, é o momento de sair, não me revejo no modus operandi que está a ser implementado no terreno e como não estou nem nunca estive agarrado a lugares, nem tão pouco dependi ou dependo da política para viver, saio como entrei, de cabeça erguida e consciência tranquila, escreveu Fernando Camelo de Almeida numa nota partilhada pelas redes sociais.

“Agradeço aos membros da distrital que se empenharam no processo das legislativas em circunstâncias muito difíceis, cumprimos a nossa missão!”, refere ainda o também deputado municipal do CDS em Ovar.

Fernando Camelo de Almeida não apoiou Nuno Melo nas eleições para a direção nacional. Recentemente, subscreveu com um grupo de militantes, um pedido de impugnação do último Conselho Nacional do partido que aprovou uma série de medidas internas.

A distrital de Aveiro poderá manter-se em funções com a ‘subida’ à liderança de outro membro da comissão política ou entrar em processo eleitoral antecipado, caso o comissão política o requeira ou haja a saída de metade mais um dos seus eleitos.

Artigo relacionado

Legislativas 22 / Distrito: PS repete vitória, Chega elege primeiro deputado / BE e CDS perdem eleitos

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.