Justifica participação em roubos com ameaças de amigo

458
Tribunal de Aveiro.

Dois homens, atualmente detidos, residentes em Oliveira de Azeméis e Santa Maria da Feira, começaram a ser julgados no Tribunal de Aveiro por seis assaltos ocorridos em dois dias no mês de setembro do ano passado em postos de gasolina e CTT nos concelhos de Sever do Vouga e Estarreja. GNR veio a prender, um deles, na sequência de perseguição automóvel.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

A dupla está acusada, em co-autoria, de três roubos agravados, devido a recurso a arma branca (faca) e outros tantos simples.

Um dos arguidos remeteu-se ao silêncio no início do julgamento. O que aceitou prestar declarações alegou que, em alguns dos assaltos, se limitou a conduzir, permanecendo no automóvel, garantindo que chegou a ficar surpreendido com a atitude do amigo, que conhecia de consumos de estupefacientes. Assim terá acontecido em assaltos a gasolineiras em Estarreja e Oliveira de Azeméis. “Quero pedir desculpa, estou profundamente arrependido, quase tudo é verdade”, declarou.

Já nos roubos ocorridos em Sever do Vouga (dois postos dos CTT e uma farmácia), disse que foi forçado a tomar parte, devido a ameaças do amigo, conduzindo-o “por medo” de eventuais retaliações aos locais que pretendia. Negou, contudo, estar a par da utilização da faca para ameaçar funcionários a entregarem dinheiro e artigos.

Artigo relacionado

Postos dos CTT assaltados em Sever do Vouga

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.