´Juntos pelo Rossio´ garante que suportou “totalmente e exclusivamente” outdoor em cartaz cedido pelo PS

277
Outdoor de movimento cívico, Aveiro.

O movimento de cidadãos ´Juntos pelo Rossio´ garante que suportou os encargos do painél publicitário ´outdoor´ junto à rotunda da salineira, em que apela à contestação do plano camarário para a requalificação do jardim do Rossio, confirmando que o mesmo foi cedido pelo PS.

Num texto de opinião distribuído durante a tarde de quarta-feira, o presidente da Câmara acusou os socialistas locais de facultarem o elemento publicitário em causa e, assim, contribuirem para a “promuscuidade política” que estará, queixa-se Ribau Esteves, na origem da “instrumentalização partidária do processo de participação pública”.

“Especificamente sobre o cartaz, a ideia, conceção, design, impressão, aplicação e pagamento, foi totalmente e exclusivamente feita pelo movimento Juntos pelo Rossio”, esclareceu fonte do grupo informal, remetendo para esta quinta-feira uma tomada de posição mais alargada.

PS, PAN, BE, PCP e concelhia do PSD partilham “a mesma visão” do movimento

Segundo o movimento, “é do conhecimento público” que o espaço “está alugado ao PS, que ao partilhar a mesma visão do Movimento Juntos pelo Rossio sobre este projeto, decidiu ceder-nos o mesmo para o efeito, dada a proximidade e visibilidade que o mesmo tem face ao jardim do Rossio”.

“Assim como partilham a mesma visão o PAN, o BE, o PCP, a concelhia do PSD, a maioria dos cidadãos aveirenses, movimentos, catedráticos, técnicos camarários, arquitectos e, pelo que sentimos diariamente, a cidadania em geral”, sublinha o movimento.

Para o movimento, a tomada de posição de Ribau Esteves “é que tem o objetivo de politizar” o debate em torno de um projeto “que nunca teve em consideração a opinião dos privados, população, movimentos e cidadania em geral.”