Aveiro: Jovens condenados por roubos na via pública ficaram com a pena suspensa

847
PSP (Aveiro).

Dois jovens foram condenados, esta quarta-feira, no Tribunal de Aveiro, a penas de prisão, suspensas, pela autoria de dois roubos ocorridos em 2019 na via pública, na cidade de Aveiro.

Um dos arguidos foi condenado a dois anos e sete meses de cadeia e o outro a dois anos e meio. Ambos viram as penas suspensas, com obrigações várias, nomeadamente fazer tratamento de toxicodependência e procurar atividade profissional.

O tribunal condenou a dupla, ainda, solidariamente, ao pagamento de 1250 euros a uma das vítimas, assim como a conta do hospital de Aveiro (274 euros).

Um dos indivíduos encontra-se detido a cumprir pena por outros processos.

No primeiro assalto, a 22 de agosto, a vítima, do sexo feminino, à data com 83 anos, foi abordada pelas costas e atingida com uma pedra na cabeça, o que a fez perder os sentidos. Os jovens levaram o dinheiro que a idosa tinha na mala que trazia consigo.

Um dia depois, os mesmos indivíduos, que tinham hábitos de consumo de produto estupefaciente, assaltaram outra pessoa, que arrastaram pelo chão antes consumarem o roubo (dinheiro e um telemóvel).

Segundo a juíza presidente, o coletivo deu como “globalmente provada” a acusação imputada à dupla de assaltantes, que teve como atenuante a confissão dos factos, beneficiando, ainda, do regime especial para jovens (à data tinham 16 e 17 anos).

A suspensão das penas foi justificada pela colaboração dada na descoberta da verdade e arrependimento, levando o tribunal a concluir que ainda é possível fazer um juízo de prognose favorável e a ameaça de cadeia pode ser um “sério aviso” para os jovens não voltarem a cometer crimes.

Artigo relacionado

Jovens suspeitos de roubar mulheres em Aveiro

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.