Indústria reforça formação de sapateiros, agora para calçado de senhora

891
Indústria de calçado.
Smartfire 728×90 – 1

A produção manual é cada vez mais valorizada pelos clientes de todo o mundo e a procura por artigos exclusivos, produzidos à mão, é cada vez maior”.

A indústria nacional do sector do calçado, através do Centro Tecnológico do Calçado de Portugal (CTCP), promove, desta forma, uma nova edição do curso gratuito de manufactura de calçado de alta gama, a segunda este ano, desta vez dirigida especialmente ao mercado feminino.

A ‘oficina high-end shoe’ quer prosseguir a formação de uma “nova geração de artesãos, mais sofisticados e inovadores”, que permitirá às empresas oferecer “os mais variados produtos exclusivos, personalizados e caros.”

“Um par de sapatos feito à mão pode custar várias centenas de euros”, refere a nota de imprensa do CTCP, que tem sede na cidade de São João da Madeira.

Um curso que proporciona aos participantes uma experiência prática e abrange todas as etapas que envolvem a criação de um sapato, desde modelação, corte, pré-costura, costura, montagem e acabamento.

Combina, ainda, a formação prática presencial com módulos acessíveis online, totalizando 140 horas, bem como visitas a empresas e a participação em workshops.

Um nicho de mercado a que o CTCP volta a dar atenção, através do seu espaço ‘Qualifica’. A segunda edição é dedicada ao calçado de senhora, com data de início prevista para 05 novembro.

“Em apenas um mês os participantes vão aprender e fazer um par de sapatos manualmente, desenhados ao gosto de cada um”, refere a nota de imprensa.

O curso tem como destinatários, em primeiro lugar, a candidatos desempregados, jovens à procura do primeiro emprego, empreendedores que pretendam criar o seu próprio negócio na área do calçado. Os candidatos residentes do concelho de Santa Maria da Feira têm prioridade.

Aoficina é promovida pelo CTCP no âmbito do projeto Contratos Locais de Desenvolvimento Social – 3G (CLDS – 3G) e decorre no ShoeFabLab, em São João da Madeira, um espaço criado no âmbito do projeto Step2footure, destinado à formação de quadros e a apoiar novos projetos na área de produção de calçado.