Indústria automóvel: Projeto ‘Grenadier’ acelera em Estarreja

3357
Eco Parque Empresarial, Estarreja.
Dreamweb 728×90 – Video I

Fábrica para produzir chassis de todo-o-terreno da Ineos Automotive reconhecida como de interesse público municipal. Promotor aluga mais espaço no Centro de Negócios para equipa que está encarregada do desenvolvimento local do projeto.

A filial portuguesa do grupo inglês que pretende instalar em Estarreja uma fábrica de viaturas todo-o-terreno em parceira com fornecedores de componentes pediu à autarquia local mais espaços para além das duas salas alugadas, desde agosto passado, no Centro de Negócios do Eco Parque Empresarial.

A Amazing Wheels Unipessoal “tem vindo a desenvolver um conjunto de trabalhos inerentes à sua instalação” na zona industrial “que implica a constante presença” de representantes ligados à Ineos Automotive, assim como “um vasto conjunto” de quadros de empresas prestadoras de serviços que integram a equipa multidisciplinar envolvida na criação da unidade fabril, explicou a edilidade.

A equipa do grupo inglês trabalhará em salas do Centro de Negócios durante a fase de arranque do projeto., até que as suas instalações a construir no Eco Parque estejam disponíveis.

A autarquia estarrejense decidiu disponibilizar o arredamento do espaços inacabados, onde projetava inicialmente acolher uma agência bancária e um posto dos correios. As obras de adaptação ficam a cargo do inquilino.

“É reconhecida a importância local, regional e nacional do investimento da Ineos Automotive”, refere a autarquia para aceder ao pedido da empresa.

A viatura todo-o-terreno batizada ‘Grenadier‘ será fabricada no País de Gales e em Portugal, neste caso com a unidade de Estarreja a ser destinada à produção de chassis, o que poderá envolver um investimento superior a 300 milhões de euros e criar meio milhar de postos de trabalho.

A Câmara de Estarreja aprovou, também, o “reconhecimento de interesse público municipal na instalação e exploração da unidade de produção de veículos automóveis ligeiros” da Ineos, permitindo que a promotora concorra a incentivos, nomeadamente isenções fiscais.

O projeto vai ao encontro do “enorme esforço” da localidade, “desde há anos”, em disponibilizar loteamento industriais “de modo a possibilitar a atração de novos investimento e potenciar o emprego e o desenvolvimento económico e social de Estarreja e da região”.

Nesta fase, adianta a autarquia, “é crescente o número de investidores estrangeiros que procuram o Eco Parque Empresarial como uma potencial localização para os seus projetos de investimento”.

O grupo inglês “reforça o cluster automóvel nacional e imagem de Portugal como produtor do sector”.

A proposta de interesse municipal ficou a aguardar o ‘sim’ da Assembleia Municipal.

Artigos relacionados

INEOS confirma localização de unidade automóvel em Estarreja

Câmara de Estarreja precisa de mais terrenos para acolher nova fábrica automóvel

Publicidade, Serviços & Donativos