Ílhavo: Autarquia volta a restituir tarifa de RSU ao comércio local que fechou durante confinamento

1011
Costa Nova, Ílhavo.
Dreamweb 728×90 – Video I

A Câmara de Ílhavo decidiu devolver, novamente, o valor da tarifa de resíduos sólidos urbanos aos comerciantes como apoio para enfrentar as consequências económicas da pandemia.

A tarifa de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU), que está inserida na faturação da água, será restituída aos estabelecimentos comerciais e de serviços “que viram a sua atividade obrigatoriamente encerrada em função das normas inerentes ao estado de Emergência.”

Repete-se a medida tomada aquando do primeiro confinamento de 2020 por a autarquia entender que é “impreterível reforçar as medidas de incentivo à economia local”.

O reembolso do valor da tarifa de RSU inserida na fatura da Águas da Região de Aveiro (AdRA) abrange estabelecimentos comerciais e de serviços que tenham visto a sua atividade encerrada ou suspensa.

Os comerciantes em causa deverão proceder ao preenchimento do formulário online disponível no site da Câmara Municipal, de forma a serem reembolsados no valor da tarifa referida, com efeitos retroativos à data de encerramento do estabelecimento.

A autarquia lembra que tem vindo a aplicar “um conjunto de medias e políticas que promovem a preservação do tecido económico municipal como instrumento de salvaguarda da criação de riqueza e da proteção do emprego, para além das várias ações de apoio aos munícipes, às famílias, às associações e instituições de solidariedade social”.

Publicidade, Serviços & Donativos