Idosa vacila ao identificar mulheres que lhe roubaram dois fios de ouro e dinheiro

683
Tribunal de Aveiro.
Smartfire 728×90 – 1

Duas mulheres, mãe e filha, estão a ser julgadas no Tribunal de Aveiro por roubar dois fios de ouro avaliados em 1500 euros e um porta moedas com 150 euros a uma idosa, moradora na Gafanha da Boa Hora, no concelho de Vagos.

As arguidas, uma septuagenária e a outra de 36 anos, residentes em Anadia, segundo a acusação, andavam a vender edredrons porta a porta.

Para ganhar a confiança da vítima, que estava sozinha, convenceram-na a “rezar o credo”. No interior de casa, a mulher mais nova agrediu a idosa nos braços e tirou-lhe um fio de ouro do pescoço.

Sob ameaças, a mesma arguida conseguiu que lhe fosse dito onde estava guardado outro fio de ouro.

Os factos remontam a 2017, não tendo sido possível às autoridades localizar durante algum tempo as suspeitas.

Em tribunal, a mulher mais velha disse não entender a razão de estar a ser julgada. A filha, confirmou que vendia na altura pelas ruas, acompanhando o pai, entretanto falecido, mas negou a autoria do roubo que lhe é imputado.

A vítima, ouvida através de videoconferência, disse que as assaltantes eram mãe e filha, não identificando claramente a última como tendo sido quem lhe tirou os fios de ouro. “Na altura tive a certeza quem era ela, agora parece mais velha”, afirmou.

Publicidade, Serviços & Donativos

Para conhecer e ativar campanhas em NoticiasdeAveiro.pt, assim como conhecer / requisitar outros serviços e fazer donativos, utilize a nossa plataforma online.