Homem acusado de disparar contra nora absolvido de tentativa de homicídio

515
Tribunal de Aveiro.
Dunas728

Um homem de 58 anos foi absolvido esta tarde no Tribunal de Aveiro de tentativa de homicídio e violência doméstica.

O arguido estava acusado de ter disparado dois tiros na direção da nora, em Ovar, após desavenças em contexto familiar ocorridas em março de 2018, que envolveram também uma agressão à ex-mulher.

O coletivo de juízes deu como provado apenas o crime de posse de arma proibida, condenando o indivíduo a 3 anos e meio de prisão, que ficou suspensa com obrigações várias, nomeadamente frequentar uma formação sobre consequências da posse de armas e entregar 2500 euros aos Bombeiros Voluntários de Ovar.

No julgamento, o arguido admitiu a autoria de apenas um disparo e garantiu que não pretendia acertar em ninguém.

Versão que o tribunal acabaria por acolher. “Se tivesse intenção de matar ou ferir, poderia facilmente concretizar tal propósito antes do filho lhe retirar a arma”, referiu a juíza presidente durante a leitura do acórdão,  censurando a “apetência” do homem por armas, que a condição de caçador “não justifica”.

A posse das mesmas representa “um perigo”, sobretudo em momento de “tensão emocional” como aconteceu aquando dos factos, o que “facilitou a utilização indevida, felizmente sem danos de relevo, mas que deve ser evitada”, recomendou a magistrada.

No julgamento, ficou provado só que existiu uma discussão em que o arguido “ficou ressentido”, mas a atitude de “vingança” seria contra o ex cunhado e não contra a nora. Testemunhas foram dizer em tribunal que a alegada vítima não teve intervenção, apesar de ambos manterem uma relação difícil.  O homem e os familiares envolvidos, entretanto, reconciliaram-se.

Artigo relacionado

Acusado de disparar contra nora em Ovar diz que não queria acertar em ninguém

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.