Homem acusado de 10 incêndios em Oliveira do Bairro nega crimes

745
Tribunal de Aveiro.

O arguido, que chegou a colaborar na reconstituição dos crimes, indicando à Polícia Judiciária os locais onde os focos de incêndio começaram, disse hoje no Tribunal de Aveiro que mentiu, afirmando que foram os polícias que o obrigaram a dizer aquilo.

O homem assumiu ainda que gosta de ver o trabalho dos bombeiros e os helicópteros a atuar, adiantando que gostava de ser bombeiro.

Continuar a ler artigo da Agência Lusa via Noticiasaominuto.

Publicidade, Serviços & Donativos