Projeto ‘Guardiões do Brincar’ procura voluntários para “Zona do Brincar” em Aveiro

2646
'Guardiões do Brincar'.

O projeto ‘Brincar de Rua’ está a recrutar em Aveiro, até 9 de agosto, ‘Guardiões do Brincar’, voluntários para os grupos comunitários que estão com as crianças, garantindo a sua segurança quando brincam no espaço público.

De acordo com o movimento, o ‘Guardião do Brincar’ disponibiliza-se, mesmo local, dia da semana e horário para duas horas de companhia a crianças da zona onde vive.

O voluntário “monitoriza e acompanha, em conjunto com outro Guardião, um grupo de crianças (máximo 15) num bairro enquanto as crianças brincam em segurança”, explicam os promotores que pretendem lançar “Zona do Brincar” de Aveiro depois do Verão, no início do próximo ano letivo.

“O projeto visa devolver às crianças um espaço de brincadeira, em segurança, com base na ativação de agentes locais, os nossos ‘Guardiões do Brincar’. São eles quem dão oportunidade às crianças de brincar na rua, mas também de se desenvolverem a nível motor, pessoal, como a autonomia e criatividade, e social, isto é, na relação com o outro e ambiente que as rodeia”, explica Francisco Lontro, coordenador do grupo de voluntários citado numa nota de imprensa.

Para se ser ‘Guardião do Brincar’, é necessário disponibilizar duas horas livres por semana, ter mais de 18 anos e “acima de tudo, gostar de brincar” com crianças

O voluntário tem de entregar o seu registo criminal, “para assegurar a sua idoneidade e a segurança do grupo” e frequentar “um dia intenso de formação”, agendado 14 setembro (sábado).

O projeto ‘Brincar de Rua’ já entregou 17902 horas de brincar e contou, no passado ano letivo, com a inscrição de 95 ‘Guardiões do Brincar’ para diversas localizações, algumas da zona de Aveiro.

Uma iniciativa promovido pela Ludotempo – Associação de Promoção do Brincar, cofinanciado pelo POI SE, Portugal Inovação Social e UEFA Foundation for Children.

Info em www.facebook.com/brincarderua/

Publicidade, Serviços & Donativos