Governo incentiva Aveiro a assumir liderança na aplicação do 5G

1578
5G (imagem genérica).
Smartfire 728×90 – 1

O Secretário de Estado Adjunto e das Comunicações, Alberto Souto de Miranda, aproveitou uma visita a Aveiro, esta tarde, onde esteve a assistir à apresentação do projeto “Aveiro STEAM City”, iniciativa local no âmbito das chamadas ‘cidades inteligentes’, para “desafiar” a autarquia a tornar-se “a primeira cidade 5G” de Portugal até 2020, “em linha” com a meta da União Europeia.

“Não apenas estar dotada da rede, mas também ser capaz de propiciar novos novos de vida e que seja usada sobretudo para melhorar a qualidade de vida”, especificou o governante, que tem vindo a percorrer o país a conhecer “as experiências” de empresas e outros agentes envolvidos no desenvolvimento da próxima geração de telecomunicações móveis.

Alberto Souto de Miranda, que foi presidente da Câmara de Aveiro dois mandatos, liderando, na altura, o pioneiro programa “Aveiro Digital”, considerou que a cidade da Ria tem “vantagens competitivas e um ecossistema único”, encontrando-se “muito bem preparada” para responder ao desafio, por força do seu cluster das telecomunicações e da universidade, com as suas valências de ensino e investigação, a que se acrescentou, mais recentemente, a aprovação do projeto “Aveiro STEAM City” pela Comissão Europeia (investimento global de 6.115.915€ com um apoio FEDER de 4.892.732€).

“O projeto de Aveiro pareceu-me muito bem estruturado e com foco importante no essencial para o sucesso destas novas comunicações móveis, que é a aposta nas pessoas, na qualificação, educação e formação, são áreas essenciais”, sublinhou o Secretário de Estado numa conferência de imprensa, lembrando que o 56 “vai transformar as nossas vidas ou tem esse potencial para isso” por comportar alto débito de banda e consequentemente novas aplicações e serviços inovadores.

O Governo pretende “aproveitar bem os fundos europeus” para o desenvolvimento da tecnologia 5G e levar a cabo “uma boa política, que adira à realidade”.

A Câmara de Aveiro aceitou o desafio. “Somos um projeto ambicioso, queremos ser a primeira cidade portuguesa 5G, uma das primeiras europeias, somos uma das 30 na Europa a trabalhar nesta área, queremos cumprir com qualidade o objetivo”, referiu o líder da edilidade.

O projeto “Aveiro STEAM City” pretende contribuir para tornar o “território mais competitivo e atrativo em primeiro lugar para os recursos humanos, para as pessoas”, explicou Ribau Esteves.

Artigo relacionado

Município de Aveiro quer “tirar mais proveito” do cluster TICE após “conquista” de projeto europeu

Publicidade, Serviços & Donativos