GNR apreendeu 270 quilos de bivalves a homem sem documentação de transporte

2186
Apreensão de bivalves, em Ovar.

A Unidade de Controlo Costeiro (UCC) da GNR, através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Aveiro, apreendeu, ontem, na localidade de Ovar, cerca de 270 quilos de bivalves por falta de rastreabilidade.

Em concreto, estavam em causa 156 quilos de ameijoa japonesa, 101 quilos de berbigão, e 20 quilos de ameijoa boa.

“No âmbito de uma operação de fiscalização ao transporte de moluscos bivalves vivos, foi detetado um homem, de 22 anos, que fazia o transporte dos bivalves sem ser portador dos documentos necessários para a sua entrada no circuito comercial, tendo sido elaborado o respetivo auto de contraordenação, cuja coima pode atingir o valor de 3.740 euros”, refere o comunicado.

Os bivalves por ainda se encontrarem vivos foram devolvidos ao seu habitat natural.

A GNR relembra que “a captura, depósito e expedição deste tipo de bivalves, sem que sejam sujeitos a depuração ou ao controlo higiossanitário, pode colocar em causa a saúde pública, caso sejam introduzidas no consumo, devido à possível contaminação com toxinas, sendo o documento comprovativo da origem fundamental para a prevenção da introdução de forma irregular no consumo.”

Publicidade, Serviços & Donativos