Futebol distrital: “Os jogadores têm sido muito bravos” – Ricardo Maia, treinador do Beira-Mar

426
LAAC - Beira-Mar (Foto do Facebook do LAAC).
Dreamweb 728×90 – Video I

O Beira-Mar terá enfrentado, este domingo, o adversário que mais luta lhe deu, até agora, na zona sul do Campeonato Sabseg, regressando de Aguada de Cima com uma vitória sofridamente justa (0-2, um golo em cada parte).

O LAAC vendeu caro a invencibilidade à sétima jornada, com um auto golo num momento determinante a que os visitantes deram continuidade aumentando a vantagem e oportunidades para mais.

Artigo relacionado

Futebol distrital: ‘Raça’ do Beira-Mar impôs-se a LAAC ‘duro de roer’ (0-2)

“A eficácia ajuda sempre a explicar o resultado final. O Beira-Mar teve um jogo difícil como era perspetivado. Uma LAAC bem orientada, com muito bons jogadores, a assumir ano após ano destaque neste campeonato”, começou por referir o treinador aurinegro na análise à partida.

Ricardo Maia assumiu que “nem sempre” a sua equipa conseguiu fazer “um jogo competente” para contornar os obstáculos colocados pelos locais. “Tivemos mais problemas na primeira do que na segunda parte, permitindo algumas jogadas com perigo. Fomos resolvendo isso e numa saída após um susto conseguimos inaugurar o marcador. Nestes jogos, isto é fundamental”, acrescentou.

A resposta, sobretudo na segunda parte, foi ao encontro do que estava traçado, merecendo o reconhecimento ‘mister’: “O Beira-Mar já provou que tem um coletivo capaz de jogar bom futebol, de criar entusiasmo com a bola no pé, mas também que sabe adaptar-se às circunstâncias, em função do adversário, do terreno. O meu maior elogio nesta altura é para os jogadores, dar os parabéns, não só pelo que fizeram hoje mas pelo percurso realizado, 100 % vitorioso”.

Ricardo Maia garante que a equipa está consciente que o estatuto de clube histórico não vence jogos por si. “Podem pensar que só por estarmos a representar o Beira-Mar estamos num patamar diferente, mas é importante perceber que os jogadores fazem muitos sacrifícios durante a semana, não treinamos sempre no relvado, que nos ajuda mais. Os jogadores têm sido muito bravos. Com muitas condicionantes e indisponíveis”.

“Seria pedir muito jogar bem e ganhar, mas quando fizemos, fizemos bem e acima de tudo fechamos a nossa baliza, fizemos mais dois golos e três pontos”, destacou o técnico a quem a direção confiou o objetivo de levar a equipa de volta ao Campeonato de Portugal.

“Na primeira parte, o resultado seria injusto. A LAAC tem o objetivo de subir também, não vamos estar com rodeios, não quererá certamente marcar presença apenas na fase decisiva. Tem grandes jogadores. Era um duelo tremendamente difícil. O nosso foco está na nossa equipa e prepará-la o melhor possível com as limitações que surgem e abordar jogos para vencer. As dinâmicas de vitória ajudam a explicar muito o sucesso. Os momentos menos bons acabam por ser mais fáceis de ultrapassar quando se ganha”, concluiu.

Discurso direto

“A avaliação do jogo é muito fácil de fazer: custa-me muito admitir que a melhor equipa perdeu com um grande adversário, recheado de grandes jogadores e um excelente treinador. Obrigámos adversário deste calibre a jogar só de forma direta, tivemos mais posse, mais domínio. Foi para o intervalo a ganhar sem rematar à baliza. Nós falhámos na finalização na primeira parte. Agora o momento decisivo é o auto-golo. Na segunda parte, tivemos que nos expor mais um bocadinho, ir atrás do empate. E num desses momentos, em várias carambolas, o Beira-Mar faz o segundo. As coisas complicaram-se, mas não deixámos de tentar. Começámos, também, a pensar no próximo jogo. Estou muito orgulho pelo que a equipa fez, os jogadores foram uns guerreiros e demonstraram que têm muita qualidade. Demonstrámos que somos capazes de ser superiores a este grande adversário. Isto pode trazer também mais motivação. Queremos ficar nos quatro primeiros para ir à fase de apuramento da equipa que sobe. Esta exibição serve para nos responsabilizar ainda mais, mostrámos qualidade e que não é sonho, pode ser atingível, porque os jogadores estão a esse nível” – Ricardo Suiço, treinador da LAAC.

Publicidade, Serviços & Donativos

Para conhecer e ativar campanhas em NoticiasdeAveiro.pt, assim como conhecer / requisitar outros serviços e fazer donativos, utilize a nossa plataforma online.