Futebol distrital: BM conquista 1ª vitória do ‘centenário’ na receção à LAAC (4-3)

1103
Guarda-redes Diogo Almeida (BM) evita golo da LAAC em cima do apito final.

O Beira-Mar venceu, este domingo à tarde, em Aveiro, a LAAC por 4-3 em partida a contar para a 18ª jornada do campeonato Sabseg.

Após a estreia a ganhar em 2022 (o primeiro jogo do ano, em Estarreja, foi adiado para dia 19 de janeiro), coincidente também com a primeira vitória a viver o ‘centenário’ do clube, que foi assinalado na passagem-de-ano, os aurinegros somam 48 pontos, liderando a zona Sul.

O Águeda foi à Vista Alegre golear (1-5), ocupando o segundo lugar a dez pontos. O Oliveira do Bairro cai para terceiro (35 pontos), mas a equipa bairradina viu adiado o jogo em Pampilhosa.

Ficha do jogo via AFA TV ou FPF / AFA.

Ao intervalo, o Beira-Mar vencia a LAAC por 3-1, um resultado, ainda assim, benevolente para os visitantes, atendendo às oportunidades criadas pelos locais, que abriram o marcador cedo (7 minutos) na conversão de uma grande penalidade por falta sobre Breda. Diogo Tavares não desperdiçou.

Ao dobrar o primeiro quarto de hora, o extremo direito ‘bisou’ correspondendo com um cabeceamento em bom estilo ao cruzamento de Artur, da esquerda, para a pequena área (14ª golo de Diogo Tavares, melhor marcador dos aveirenses).

A equipa da casa, com o seu figurino habitual nos últimos jogos, não tirou o ‘pé do acelerador’, desperdiçando duas ocasiões para ampliar a vantagem. Primeiro, um remate perigoso de Diogo Tavares.  Depois seria Marcelo Santiago a surgir em boa posição, mas atirou a bola para a bancada.

A partir da meia hora, os locais abrandaram um pouco e a LAAC ganhou coragem para se adiantar no terreno. Depois de dois avisos, à terceira a equipa de Miguel Rapinha conseguiu mesmo reduzir a desvantagem (37m) com o inevitável Mário a aproveitar um deslize do central Breda, rematando para o fundo da baliza.

O Beira-Mar ‘acordou’ e mexeu pela terceira vez no marcador em cima do descanso. Diogo Tavares galgou pelo seu corredor, assistiu Rafinha entre linhas que colocou na área, onde Marcelo Santiago só teve de meter o pé (10º golo).

LAAC assustou ao ‘cair do pano’

No regresso do intervalo, a LAAC voltou a dar um ‘ar da sua graça’. Mérito para o cruzamento / remate de Igor, descaído na direita, que levou a bola até à pequena área onde Vinu apareceu rápido a finalizar, relançando a partida (3-2).

Os aveirenses não tardaram, novamente, a refrear as expetativas dos forasteiros, apontando o quarto golo na sequência de um canto da direita, que Breda cabeceou para o fundo da baliza (4-2).

O relógio foi correndo para o fim com motivos para o público seguir entretido o jogo, até porque a LAAC voltaria a complicar a vida dos locais, quando o central Dayo reduziu para 4-3 num cabeceamento oportuno na área, após livre apontado por Igor.

Pouco antes do apito final, o defesa nigeriano, colocado a ponta-de-lança nos instantes finais, esteve muito perto do ‘bis’, num lance a papel químico do anterior, mas desta vez Diogo Almeida teve ‘reflexos salvadores’ e afastou a bola para canto, impedindo o golo que poderia ter valido o empate aos visitantes. O que seria um castigo demasiado duro para o Beira-Mar, mesmo tendo em conta os momentos em que pareceu querer gerir a vantagem, mostrando excesso de confiança com o rumo dos acontecimentos, o que acabou em sofrimento algo escusado.

Vídeo do jogo Beira-Mar – LAAC.

Zona Norte: Lamas e Paivense não vacilam

Na zona Norte, o líder União de Lamas foi a Esmoriz vencer por 0-2. Tem agora 37 pontos. Mais dois que o Paivense, que venceu em casa o Cucujães (4-2).

Mais informações do Campeonato Sabseg.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.