Futebol distrital: Beira-Mar cumpre em Macieira de Sarnes sem deslumbrar

999
Macieirense - Beira-Mar.
Smartfire 728×90 – 1

O Beira-Mar conquistou a décima vitória consecutiva no reduto do Macieirense, a contar para 13ª jornada do principal campeonato distrital de Aveiro.

Ficha e vídeo

O nulo ao intervalo castigava o Beira-Mar, naturalmente favorito perante um adversário que luta pela manutenção.

Apesar de maior domínio, o futebol dos forasteiros rendeu, em termos ofensivos, um livre madrugador de Artur e pouco mais.

Já bom desempenho defensivo da equipa de Macieira de Sarnes leva-a também a atrever-se em terreno mais adiantado.

Lima (remate de fora da área, após mau alívio de Marcão), Abel (remate para defesa de Maringá) e Vilar (cabeceamento às malhas laterais) tentaram a sua sorte.

Depois do intervalo, o treinador do Beira-Mar mexeu no onze com as entradas de Letz (Marcão), Bruno Henrique (Vando, estreia a titular) e depois Rodrigo (Aparício) para dar mais rotação ofensiva em busca do golo.

As mudanças não tiveram efeito imediato e os visitantes começaram a procurar, também, de meia distância, quebrar o muro defensivo, com remates de André Nogueira e Pedro Aparício que falharam o alvo.

O Beira-Mar haveria de colocar-se em vantagem aos 78 minutos, na sequência de um canto. O central Lobo desceu à pequena área contrária para cabecear para o fundo da baliza. Um lance de bola parada pôs fim à resistência da temerária equipa de Maceira de Sarnes.

Mesmo na ponta final, a dupla Bruno Henrique / Rodrigo corresponderia à confiança do treinador Cajó, ao gerar e concretizar o 0-2. O primeiro assistiu o segundo que na pequena área colocou o pé sem dar hipótese de defesa.

O resultado acaba por esconder as dificuldades sentidas pelos aurinegros, menos eficazes do que se espera perante equipas com menos argumentos.

Na classificação, os aveirenses lideram com 34 pontos (menos um jogo). O Bustelo, que venceu na Vista Alegre (0-2), está em segundo, com 28 pontos. Com mais dois pontos que União de Lamas, que venceu em casa o Oliveira do Bairro (2-1).

Resultados e classificação em https://www.afatv.pt/classificacao/24

Declarações dos treinadores

“O Macieirense usou todas as armas, tivemos muito pouco tempo de jogo, desde o início a retardar. Todos querem impedir o Beira-Mar de ganha. Tivemos de cansar o adversário e melhorar o desempenho no último terço do campo. Os adversários também têm a a sua estratégia. Fizemos o suficiente, mais tarde ou mais cedo iríamos marcar” – Cajó, treinador do Beira-Mar.

“Na primeira parte conseguimos anular o Beira-Mar em alguma situações. É uma equipa fortíssima. Teve a bola na primeira parte, mas com poucos lances de perigo. Na segunda parte, baixámos as linhas, ainda assim estávamos a ter controlo. Depois surge o golo num lance de bola parada, Por alguma razão o Beira-Mar ainda não perdeu. Faltou-nos alguma experiência” – José Carlos Borges, treinador do Macieirense.