Futebol: Beira-Mar empata em Fiães com muitas oportunidades perdidas

368
Beira-Mar - Fiães.
Smartfire 728×90 – 1

Fiães e Beira-Mar empataram a zero em partida a contar para a 24ª jornada da divisão de elite do futebol distrital de Aveiro.

Ficha e vídeo

O resultado acaba por ser um prémio para a capacidade de resistência oferecida pelos locais, que lutam pela manutenção, perante o maior domínio dos aveirenses. Estes acabam por não ver afetada grandemente a liderança, agora de 1o pontos, sobre o Bustelo, que venceu em casa o Estarreja pela margem mínima.

Ao intervalo, o jogo registava um nulo, espelhando o que sucedeu durante os primeiros 45 minutos em termos de eficácia.

Apesar do maior ascendente dos visitantes, rarearam as oportunidades de fazer mexer o marcador.

Nas duas jogadas com mais frisson, os guarda-redes resolveram sem problemas de maior. Maringá evitou danos a um cabeceamento de Emanuel Alves. Do lado contrário, a finalização Rodrigo também viu Pedro Justo arrojar-se ao terreno para impedir o golo.

Depois do descanso, a partida animou de parte a parte. O Beira-Mar surgiu certamente com ordem para rematar mais. Ricardo Gomes, regressado à titularidade por ausência de Alex, fez um pontapé à meia volta que falhou o alvo por pouco. Artur também procurou a meia distância, colocando Pedro Justo ’em sentido’.

O Fiães aproveitaria bem o maior adiantamento dos forasteiros. Aos 72 minutos, Lucas, num ressalto, viu Maringá corresponder em bom plano, evitando o primeiro golo.

Vando, colocado em campo por Cajó para melhorar a eficácia, iniciou um duelo com Pedro Justo, com o guardião a desviar para canto outro lance, desta vez finalizado por Aparício em boa posição.

O goleador Rodrigo, já ao cair do pano, fez um cabeceamento que levou a bola a sair junto ao poste, ficando, desta vez, ’em branco’, e o Beira-Mar não conseguiu evitar o quarto empate no campeonato.

Declarações finais transmitidas pela Rádio Terra Nova

“Foi um jogo equilibrado, fomos competentes na defesa. Um ponto contra o primeiro é positivo, vai ter importância no final do campeonato. Conseguimos algumas transições na parte final e até algumas oportunidades para o resultado ser outro” – Narciso Ratinho, treinador do Fiães.

“Era um jogo difícil perante uma equipa a defender muito e perigosa nas transições, que procurou sempre baixar o ritmo. Mesmo assim, tivemos período bons e oportunidades, não muitas, mas suficientes para fazer golo. O jogo esteve em aberto porque arrisquei algo mais e ficámos expostos. É um ponto fora num campo difícil, agora queremos voltar às vitórias no próximo jogo” – Cajó, treinador do Beira-Mar.

Resultados e classificação em https://www.zerozero.pt/edition.php?id_edicao=126251

Publicidade, Serviços & Donativos