Futebol: Beira-Mar é campeão e ascende ao Campeonato de Portugal

1104
Carregosense - Beira-Mar.
Smartfire 728×90 – 1

“Campeões! campeões!, nós somos campeões!” gritou-se sem cessar. O Beira-Mar volta a ter estatuto ‘nacional’, quatro épocas após a despromoção administrativa da Segunda Liga à segunda divisão distrital de Aveiro.

Ficha e vídeo

A cinco jornadas do final do campeonato, a equipa de Aveiro festejou com cerca de um milhar de adeptos o título da divisão de elite da Associação de Futebol de Aveiro, selado esta tarde, em Carregosa, com uma vitória por 1-2.

Ao fazer uma exibição segura, os aveirenses marcaram os seus golos na primeira parte, com um bis de Aparício, o melhor em campo.

O Carregosense deu sempre luta, criou oportunidades de perigo, viu Marco Pais fazer um punhado de boas defesas e ainda uma bola ser devolvida pelo poste. A equipa de Carlos Manuel acabaria por ser premiada pelo golo de honra de Pipa ‘ao cair do pano’.

A festa aurinegra prosseguiu na cidade, com a consagração dos campeões, que chegaram à rua João Mendonça (canal central) a bordo de moliceiros, rumando ao bairro da Beira Mar, onde agradeceram aos adeptos do alto da capela de São Gonçalinho.

Declarações

“É uma alegria enorme, reflexo do trabalho da direção, da equipa técnica, dos jogadores e adeptos, que estiveram sempre connosco. Tem sido uma missão difícil desde a tomada de posse, agora com objetivo diferentes, para um novo patamar, sendo que o objetivo macro é sempre a estabilidade” – Hugo Coelho, presidente do Beira-Mar.

“A subida aos campeonatos nacionais obrigou-nos a trabalhar muito. Foi importante concluirmos a época nesta data, conhecendo a competitividade dos nossos adversários, que deixámos para trás. Nunca duvidámos. Somos a melhor a equipa, melhor ataque e melhor defesa, vamos querer continuar a ser os melhores. Sobre o meu futuro, vamos reunir com a direção e ver se há entendimento para continuar, tanto eu como o clube, Há campeonatos para se ganhar, como treinador treinaria qualquer equipa neste momento” – Cajó, treinador do Beira-Mar.

“O Beira-Mar caiu no fundo, tem sido um trabalho muito árduo. Quero dar um abraço grande aos dirigentes e aos adeptos. Como presidente da Câmara tenho muito gosto de ser parceiro. Há muita coisa para fazer, queremos que se consolide nas competições nacionais com qualidade de gestão. Estamos proximamente para fazer a adjudicação da academia, felizmente temos interessados. É fundamental para o Beira-Mar e a sua formação que precisa de se fortalecer. São passos a dar em cima de outros já dados” – Ribau Esteves, presidente da Câmara.

Resultados e classificação em https://afatv.pt/classificacao/24

Últimos minutos do jogo e a festa aveirense no campo