Fevereiro trouxe redução de 1,15% no desemprego distrital

743
IEFP, Aveiro.

O número de desempregados registados no distrito de Aveiro era em fevereiro passado de 23.689, correspondendo a 5,86% do Continente (404.456).

Segundo o relatório mais recente da União de Sindicatos de Aveiro (USA), divulgado no final de março, a variação mensal dá conta de um aumento de 1,88% no Continente, enquanto que o distrito regista uma redução de 1,15%. 2021 tinha começado com um aumento de 5,7%.

Em termos de variação homóloga, no último ano assistiu-se a um aumento de desemprego de 38,03% no Continente e de 25,50% no distrito.

O número de desempregados registados representa 6,77% da população activa do distrito.

Em termos de variação mensal o desemprego registado aumentou em 10 concelhos: Anadia, Arouca, Castelo de Paiva, Mealhada, Oliveira de Azeméis, Oliveira do Bairro, Santa Maria da Feira, São João da Madeira, Sever do Vouga e Vale de Cambra.

Nove concelhos conheceram uma redução: Águeda, Albergaria-a-Velha, Aveiro, Espinho, Estarreja, Ílhavo, Murtosa, Ovar e Vagos.

Aveiro, Ílhavo e Vagos foram os concelho com maior redução de desemprego em fevereiro,
respetivamente de – 6,70%, – 6,22% e – 6,12%.

Do lado contrário, figuram Anadia (3,69%), Sever do Vouga (3,28%) e Oliveira de Azeméis (2,17%).

» As mulheres continuam a ser mais afectadas: são 13.648 em Fevereiro de 2021, 57,61% dos desempregados;

» Os desempregados de longa duração atingem 10.290 trabalhadores, 43,44% do desemprego registado no distrito;

» O desemprego registado dos jovens com idade inferior a 34 anos é de 7.301, ou seja 30,82% do desemprego registado no distrito.

» O desemprego registado na faixa etária dos 35 aos 54 anos é de 9.442, ou seja 39,86% do desemprego registado no distrito.

+ informações

Publicidade, Serviços & Donativos